Quitandinha de Erê! Grande Rio escolhe para 2023 o samba-enredo que homenageará Zeca Pagodinho  

Quitandinha de Erê! Grande Rio escolhe para 2023 o samba-enredo que homenageará Zeca Pagodinho  
Fotografiasdazai/Divulgação

Por Luis Leite

Com quadra tomada por componentes e frequentadores, o Acadêmicos do Grande Rio, atual campeã da folia carioca, definiu por volta das 2h35 deste sábado (22) o samba-enredo da parceria de Igor Leal, Arlindinho Cruz, Diogo Nogueira, Myngal, Mingauzinho e Gustavo Clarão para o Carnaval 2023.

Em busca do bicampeonato, a Tricolor de Caxias, da Baixada Fluminense, levará para Avenida no ano que vem, o enredo “Ô Zeca, o pagode onde é que é? Andei descalço, carroça e trem, procurando por Xerém, pra te ver, pra te abraçar, pra beber e batucar!”, em homenagem ao cantor e compositor Zeca Pagodinho, desenvolvido pelos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora.

O diretor de carnaval Thiago Monteiro comentou que vem exigindo um esforço ainda maior que no ano passado, não apenas na produção de alegorias e fantasias mas, sobretudo, nos ensaios dos diversos setores da agremiação. “Nossos componentes aprenderam que o êxito depende, principalmente, de muito empenho e dedicação”, concluiu.

A escola apresentou um grande show tendo como destaque a imagem de São Jorge, santo de quem Zeca é devoto.

Exibindo o corpão em forma, a rainha de bateria Paolla de Oliveira marcou presença na quadra da agremiação. Sempre muito alegre e sorridente, a beldade se esbaldou à frente dos ritmistas de mestre Fafá.

Escola das Celebridades

Mileide Mihaile, Monique Alfradique, Quitéria Chagas, Mulher Melão, Adriana Bombom, David Brasil, Darlin Ferrattry e Mônica Carvalho são algumas das celebridades que também prestigiaram o evento.

Tradicional ala de passistas abrilhantando o espetáculo.

Confira a letra e o áudio do samba campeão:

Ō Zeca tu tá morando ondé?
Sai com meu povo a te procurar
Botei minha cerva na encruzilhada
Pra Moça da saia rodada e pro Ôme da capa
Cadê você?
É alvorada do seu padroeiro
Pra agradecer
Ao mensageiro de São Jorge o Guerreiro
Tem patuá, pra proteger
E tem mandinga no velho engenho
Quem tem um santo poderoso que é Ogum?
Eu tenho

Nas bandas do Irajá, gelada no botequim
Assim vou vadiar até no gurufim
Se tem patota, Ibeji e ajeum
Salve Cosme e Damião, Doum!

Ê… Que bela quitanda, quitandinha de Erê
Seu balançê… Tem quitandinha de Erê

Passei procurando na feira
Lá em Del Castilho e na Tamarineira
E na gafieira, boêmios, Malandros
Pelos sete lados eu vou te cercando
Jessé! Jessé!
Botei teu nome numa faixa amarela
Em reverência a velha guarda da Portela
De mil maneiras ser humano sem igual
Zeca!
Levante o Copo para o povo brasileiro
Te encontrei nesse Terreiro
Xerém é o seu quintal

Deixa a Vida me levar
Onde o samba tem valor
Meu candiá… encandiou
Sou Grande Rio carregado axé
Minha gira girou na fé

Gostou na matéria? Dê o seu comentário.