OBatuque - Essa nega tem poder! Mocidade consagra parceria de Sandra de Sá

Essa nega tem poder! Mocidade consagra parceria de Sandra de Sá Destaque

Publicado em Grupo Especial
Domingo, 15 Setembro 2019 05:29
 Parceria vencedora do samba-enredo da Mocidade.  A escola homenageará a cantora Elza Soares em 2020 Parceria vencedora do samba-enredo da Mocidade. A escola homenageará a cantora Elza Soares em 2020 Foto/Divulgação

Por Luis Leite

Com a quadra lotada de foliões, a Mocidade Independente de Padre Miguel escolheu, no início da manhã deste domingo (15), o seu samba-enredo, que exaltará a cantora Elza Soares no Carnaval de 2020.

Em uma competição bastante acirrada e mais aguardada pelo público, venceu a obra composta por Sandra de Sá, Igor Vianna, Dr. Márcio, Solano Santos, Renan Diniz, Jefferson Oliveira, Professor Laranjo e Telmo Augusto. A parceria sagrou-se campeã pela primeira vez na história da Verde e Branca.

A festividade começou por volta das 22h30, com a roda de samba do Grupo Sambalô. A noite seguiu com um grande show de apresentação dos segmentos da escola, todos embalados pela voz do intérprete oficial Wander Pires e seus cantores de apoio.

O resultado foi anunciado por volta das 5h, após um breve discurso do presidente Flávio Santos com a sua diretoria. A comunidade da Vila Vintém abraçou o samba.

A Estrela Guia da Zona Oeste será a quinta escola a desfilar na segunda-feira de carnaval, com o enredo ”Elza Deusa Soares”, desenvolvido pelo carnavalesco Jack Vasconcelos.

A disputa deste ano contou com 23 parcerias inscritas, dos 32 compositores envolvidos na final, mais da metade dos poetas já ganharam samba na Mocidade. 

 

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=RDfoCVUMQKM

 

Veja a letra do samba-enredo campeão da Mocidade:

 

Lá vai, menina
Lata d’água na cabeça
Esqueça a dor
Que esse mundo é todo seu
Onde a água santa foi saliva
Pra curar toda ferida
Que a história escreveu
É sua voz que amordaça a opressão
Que embala o irmão
Para a preta não chorar
Se a vida é uma aquarela
Vi em ti a cor mais bela
Pelos palcos a brilhar

É hora de acender
No peito a inspiração
Sei que é preciso lutar
Com as armas de uma canção
A gente tem que acordar
Da “lama” nasce o amor
Quebrar as agulhas
Que vestem a dor

Brasil
Esquece o mal que te consome
Que os filhos do Planeta Fome
Não percam a esperança
Em seu cantar
Ó nega!
Sou eu que te falo em nome daquela
Da batida mais quente
O som da favela
A resistência em oração
Se acaso você chegar
Com a mensagem do bem
O mundo vai despertar
Deusa da Vila Vintém
És a estrela
Meu povo esperou tanto pra revê-la

Laroyê e Mojubá
Liberdade
Abre os caminhos pra Elza passar
Canta Mocidade!
Essa nega tem poder
É luz que clareia
É samba que corre na veia

 

Última modificação em Segunda, 16 Setembro 2019 12:31

Itens relacionados (por tag)

  • Sala de Recepção apresenta live com o percussionista Marcos Esguleba

    Por Luis Leite

    O programa Sala de Recepção fará na próxima terça-feira (26), a partir das 20h30, uma live especial com o percussionista Marcos Esguleba. A transmissão será realizada na página do Facebook Raiz do samba.

    Com mais de 30 anos de carreira, um dos músicos mais requisitados no Brasil, Esguleba já gravou com grandes cantores da música brasileira, entre eles Roberto Carlos, Alcione, Chico Buarque, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Elza Soares, Beth Carvalho e Zeca Pagodinho.

  • Vitinho é o novo diretor de bateria do Império Serrano

    Por Luis Leite

    Vitor Cezar, filho do lendário mestre Faísca, é o novo diretor de bateria do Império Serrano. Vitinho assume o lugar do mestre Gilmar, que deixou o comando da Sinfônica do Samba na última segunda-feira (18).

    Confira a nota da escola:

    Em sua essência, o Império Serrano sempre priorizou a base familiar como principal pilar de suas tradições, e um dos principais exemplos disso é a linha de sucessão no comando da Bateria Sinfônica do Samba.
    Em 1950, o Mestre Alcides Gregório assumiu a Bateria do Império Serrano após a morte do Mestre Bita, comandando a Sinfônica por sete carnavais. A partir de então, seu filho, que viria a ser conhecido como Mestre Faisca, passou a ter uma convivência estreita com todos os instrumentos de percussão. Em 1984, aos 16 anos de idade, Faisca fundou a Bateria da Escola Mirim Império do Futuro, antes de se tornar Diretor da Sinfônica e ganhar o Estandarte de Ouro como revelação dois anos depois.

    Como um fruto não cai longe do pé, a Bateria do Império do Futuro, fundada anos antes pelo Mestre Faisca, foi o palco do início da caminhada de seu filho Vitinho, que desfilou como ritmista, sob o comando do Pretinho da Serrinha entre 1996 e 1999. Entre os anos de 2014 e 2016, Vitinho desfilou como ritmista na Sinfônica.

    Assim como para todo imperiano de coração, o Império Serrano é para o Mestre Vitinho, uma escola de família, de raiz, de tradição. Principalmente por isso, e por toda a competência que tem demonstrado no mundo do samba todos esses anos, o Mestre Vitinho vai buscar dar seguimento com excelência ao trabalho de seu avô, Mestre Alcides Gregório, do seu pai, o Mestre Faisca, além de tantos outros como mestre Birão, Vanderlei, Silvio Manoel, Alcides Gregório, Macarrão, Átila Gomes, ciente da extrema responsabilidade e entendendo que a estrela maior é a Coroa Imperial.

    Este dia 20 de maio de 2020 é bastante especial para o Império Serrano e toda a Nação Imperiana, além do mundo do samba, pois estamos presenciando um fato histórico e jamais visto no Carnaval Carioca. A partir desta data, oficialmente, o Mestre Vitinho é o novo Mestre de Bateria da Sinfônica do Samba do Império Serrano, e nossa bateria se torna a primeira a ser comandada por três gerações, pai, filho e avô, na história do Maior Espetáculo da Terra!

     

  • Morre o radialista e produtor Alpa Luiz

    Por Luis Leite

    Morreu nesta terça-feira (19), aos 78 anos, vítima de complicações renais, o radialista e produtor Alpa Luiz. Ele estava internado no CTI do hospital CPN, em Niterói, Região Metropolitana do Rio.

    Alpa trabalhava na Rádio Roquette Pinto e por muitos anos, comandou o programa "Batida de Samba" na 1440 AM.

    As informações sobre o velório e sepultamento ainda não foram divulgadas.

 

 

Entrevistas

Cantor e compositor Rico Medeiros: "Nossa Senhora!"

Cantor e compositor...

Por Luis Leite Nascido em Niterói, Nilzo Medeiros, popularmente conhecido como...

Luiz Carlos Bruno: “Quero voltar a trabalhar para fechar o portão com sabor de dever realizado”

Luiz Carlos Bruno:...

Por Ricardo MaiaFotos: arquivo pessoal A paixão de Luiz Carlos Bruno...

Juarez Carvalho, o Titio das baianas da Tijuca

Juarez Carvalho, o...

Por Ricardo Maia Desde 1999 na Unidos da Tijuca, Juarez Carvalho...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Carnaval pelo Brasil

Ex Panicat Tânia Oliveira é a nova Madrinha de Bateria da Acadêmicos do Tucuruvi

Ex Panicat Tânia Oliveira é a nova Madrinha de Bateria da Acadêmicos do Tucuruvi

Na noite deste sábado (23), a escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi, abriu as ...

 

icone instagram

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper