Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Salgueiro já tem samba para 2019

Publicado em Grupo Especial
Sexta, 12 Outubro 2018 15:30

Por Luis Leite

Em uma noite de emoção e euforia, o Acadêmicos do Salgueiro realizou na madrugada dessa sexta-feira (12), feriado de Nossa Senhora Aparecida, a escolha do samba para o Carnaval 2019.  
Após uma disputa bastante acirrada entre as quatro parcerias finalistas, venceu a composição assinada por Demá Chagas, Marcelo Motta, Renato Galante, Fred Camacho, Leonnardo Gallo, Getúlio Coelho, Vanderlei Sena e Francisco Aquino.

A Vermelho e Branco da Tijuca vai levar para avenida o enredo “Xangô”, desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza. O Salgueiro será a quarta escola a desfilar no domingo de carnaval no Grupo Especial.

A abertura ficou por conta do grupo Pegada Brasileira com destaque a Ala de Passistas, comandada pelo coreógrafo e coordenador, Carlinhos do Salgueiro. Logo em seguida, a bateria Furiosa, comandada por mestre Marcão, entrou em cena, acompanhado pelo intérprete oficial, Emerson Dias, que brindou o público e os demais segmentos da agremiação, cantando sambas que marcaram a história do Salgueiro.

43878603 1061688377346202 4076511055868592128 nA soberana rainha de bateria, Viviane Araújo, chamou atenção usando peruca e um microvestido vermelho trasparente. Além de brilhar no palco, a beldade esbanjou simpatia, sensualidade e beleza com muito samba no pé.

A escola recebeu, além de excelente público, a presença de personalidades do carnaval.

O Salgueiro realiza no próximo dia 28 de outubro, eleições para nova diretoria.

 

Confira a letra do samba:

Vai trovejar!!!
Abram caminhos pro grande Obá
É força, é poder, o Aláàfin de Oyó
“Oba Ko so!” ao Rei Maior
É pedra quando a justiça pesa
O Alujá carrega a fúria do tambor
No vento, a sedução (Oyá)
O verdadeiro amor (Oraiêiêô)
E no sacrifício de Obà (Obà Xi Obà)
Lá vem Salgueiro!

Mora na pedreira, o dono da Terra
Vem de Aruanda pra vencer a guerra
Eis o justiceiro da Nação Nagô
Samba corre gira, gira pra Xangô

Rito sagrado, ariaxé
Na igreja ou no candomblé
A benção, meu Orixá!
É água pra benzer, fogueira pra queimar
Com seu oxê, “chama” pra purificar
Bahia, meus olhos ainda estão brilhando
Hoje marejados de saudade
Incorporados de felicidade
Fogo no gongá, salve o meu protetor
Canta pra saudar, Opanixé kaô!
Machado desce e o terreiro treme
Ojuobá! Quem não deve não teme

Olori XANGÔ eieô
Olori XANGÔ eieô
Kabesilé, meu padroeiro
Traz a vitória pro meu Salgueiro!

 

Beija-Flor faz junção dos sambas finalistas

Publicado em Grupo Especial
Terça, 09 Outubro 2018 18:12

Por Luis Leite

A Beija-Flor de Nilópolis resolveu fazer algumas adaptações no samba-enredo que venceu a sua disputa finalizada na última quinta-feira, dia 04 de outubro. Para aproveitar todas as possibilidades oferecidas pelas obras finalistas, a diretoria da escola resolveu unificar os sambas 04 e 07.

- Resolvemos fazer essa junção pegando momentos que são muito fortes nos dois sambas. O refrão do samba 07, que foi vice-campeão, faz uma exaltação que tem tudo a ver com a proposta do enredo, e há uma complementação perfeita de ideias no samba 04. Os demais acertos de letra buscam atender aos critérios de julgamento que sempre estamos atentos para chegar aos 40 pontos no quesito. A ideia é ter um hino que retrate de forma perfeita esses 70 anos da escola - explicou Válber Frutuoso, diretor de carnaval da Beija-Flor.

Desta forma então, o samba da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval 2019 será assinado por Di Menor BF, Julio Assis, Kirraizinho, Diego Oliveira, Fabinho Ferreira, Diogo Rosa, Rogério Coutinho, Marcio França, Carlinhos Ousadia, Kaká Kalmão, Jorge Ayla e Serginho Aguiar.

 

Confira abaixo como ficou a letra do samba.


Nascido feito rei menino
Em ninho de amor e humildade
Meu Pai direcionou o meu destino
Voar nas asas da felicidade
E arrisquei um vôo nesse lindo azul
Um mundo encantado pude recordar
Em fábulas bordei a fantasia
Ê saudade que mareja o meu olhar
Herdeiro dessa terra me tornei
Cantei nossos recantos, tradições
Sou eu aquele festival de prata
Que na pista arrebata tantos corações

ÔÔÔÔ Axé que no sangue herdei
No meu quilombo, todo negro é rei
Abre a senzala!! Abre a senzala!!
Nesse terreiro o samba é a voz que não cala

Cresci, ouvindo acordes entre doces melodias
A bela dama retratada em poesia e o canto de cristal
A simplicidade no amor, aquele beijo na flor
Fez mais um sonho real
Pátria amada da ganância
Eu pedi socorro pelos filhos teus
Algoz da intolerância
Mesmo proibido, fui a voz de Deus
Toda essa grandeza, vem da nossa gente
Que esquece a dor e só quer sambar
É por esse amor
Quero meu valor me faz brilhar
Comunidade me ensinou
A ser apaixonado como eu sou
Ontem, hoje, sempre Beija-Flor

Oh Deusa!!!
Tem festa no meu coração
Desfilo toda gratidão
Razão do meu cantar,
A luz do meu viver...
O que seria de mim sem você?


A Beija-Flor busca o seu 15º título na história e será a quinta escola escola a desfilar no domingo de folia. O desfile será desenvolvido pela comissão de carnaval formada por Cid Carvalho, Bianca Behrands, Victor Santos, Léo Mídia e Rodrigo Pacheco.

Independente da Praça da Bandeira divulga samba-enredo para o Carnaval 2019

Publicado em Série D
Terça, 09 Outubro 2018 12:00

Por Luis Leite

A Independente da Praça da Bandeira divulgou o seu samba-enredo para 2019. A composição foi encomendada aos compositores Diego Nascimento e Charles Silva, uma vez que esses participaram do grupo de compositores do samba no carnaval 2018.

Segundo o presidente da agremiação, Fernando José, a escola não teria tempo hábil para promover o concurso de samba-enredo, foi também a fórmula encontrada para adequar e reduzir os custos de confecção das fantasias e alegorias do próximo carnaval.

O G.R.E.S Independente da Praça da Bandeira será a primeira escola a desfilar no domingo de carnaval pelo grupo D na Intendente Magalhães e apresentará o enredo: “Linear Histórico Na Africanidade Meritiense”, dos carnavalescos: Ricardo Paulino e Walter Guilherme.

Confira a letra do samba:

Compositores: Diego Nascimento e Charles Silva

SOU MERITI, VALENTE E GUERREIRA.
SOU DA PRAÇA DA BANDEIRA
MEU MERITI, COMUNIDADE.
( HOJE CANTO AFRICANIDADE )

Os traços laçaram o destino
Um Vôo na historia.
Raízes, culturas de nosso lugar.
Quilombo, da baixada Fluminense
Vou contar contar !!!
Trairaponga, de rara beleza
De trilhos, e estradas pras Minas Gerais.
O índio, nativo, não se deixou catequizar
Dizendo aqui é meu chão.... aqui é meu lugar.

ÔÔÔ OUÇA O CANTO DE NOSSOS IRMÃOS
ÔÔÔ LIBERDADE OH MEU SENHOR
ÔÔÔ BANTOS, CONGOS E ANGOLA
LAMENTO ESPERANÇA E DOR

Das mãos calejadas, Caminhos dourados.
Começa assim a construção
MATRIZ ordem da realeza, princesa !!!
Lugar de cultivo a fé
É chegada a migração
nordeste bem vindo ao meu chão
Axé... opo afonjá... Axé... tens força,
tens bravura governada por xango
O mestre dos mares, orgulhosamente resistiu.
E a luta dos homens, com mesmo ideal
Por igualdade social

União da Ilha define samba-enredo para o Carnaval 2019

Publicado em Grupo Especial
Domingo, 07 Outubro 2018 05:18

Por Luis Leite

Fotos: Divulgação/ Wellington Jorge

Em clima de festa, com uma disputa bastante emocionante e equilibrada, a União da Ilha definiu na madrugada deste domingo (7), em sua quadra, o samba-enredo que irá embalar os componentes na Marquês de Sapucaí no Carnaval 2019.   

Entre as três obras finalistas, venceu o samba dos compositores Myngal, Marcelão da Ilha, Roger Linhares, Marinho, Cap. Barreto, Eli Doutor, Fernando Nicola e Marco Moreno.                                  

A escola vai levar para avenida o enredo "A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu”, desenvolvido pelo carnavalesco Severo Luzardo. O tema retrata a história, a cultura e a arte popular do Ceará.

Por conta das eleições, o evento começou às 19h, com o show do grupo “Samba do amigo meu”, em seguida, a Baterilha, comandada pelos mestres Keko Araujo e Marcelo Santos e seus diretores, agitou o público com os sambas antológicos.  Logo após, foi a vez do intérprete oficial, Ito Melodia, entoar clássicos do forró em ritmo de samba, ao som de sanfona e triângulo embalando casais de mestre-sala e porta-bandeira, musas, passistas, baianas, velha guarda e os demais segmentos. 

 

 

43255802 282050539315611 4932513688822218752 n

A rainha de bateria Gracyanne Barbosa foi a grande atração da noite, vestida de Maria Bonita, a beldade caiu no samba.  

A Tricolor Insulana recebeu convidados ilustres como: Simone Drumond, Teteu José, Machine, Elmo José dos Santos, da Liesa, Chopp, diretor de harmonia, entre outros representantes do carnaval.

A maratona de escolhas de samba-enredo do Grupo Especial continua na próxima quinta-feira (11), véspera de feriado com o Acadêmicos do Salgueiro. No sábado (13), é a vez da Unidos da Tijuca e Mangueira. Na quarta-feira (17), será a vez da Imperatriz Leopoldinense. 

 

Confira a letra do samba:

O SOL
ONDE AQUECE A INSPIRAÇÃO É LUZ
MEU SONHO
É VIDA, VENTO, BRISA A BEIRA MAR
OUVINDO POESIAS DE RAQUEL
SUSPIRO NAS HISTÓRIAS DE ALENCAR
E HOJE DESFOLHANDO MEU CORDEL
DAS LENDAS QUE OUVI NO CEARÁ
É DOCE, É FOGO, SABOR E PRAZER
AROMA NO AR, PLANTAR E COLHER
EU MOLDEI NO BARRO
AS RECORDAÇÕES QUE VIVI COM VOCÊ

VIOLEIRO TOCA MODA À LUZ DO LUAR
SANFONEIRO PUXA O FOLE E
CONVIDA A DANÇAR
VOU PEDIR A PADIM CIÇO
ABENÇOE NOSSO POVO
ESSA FÉ A NOS GUIAR

CHÃO RACHADO, MEU SERTÃO
PEÇO A DEUS PRA ALUMIAR
TERRA SECA QUE NÃO SECA A ESPERANÇA
ARRETADA VOCAÇÃO DE TE AMAR
O SAL DA TERRA SEGUE O MEU DESTINO
SANGUE NORDESTINO SEMPRE A ME ORGULHAR
A NATUREZA CANTADA EM MEUS VERSOS
TRADUZ A BELEZA DESSE MEU LUGAR
LINDA MORENA, VESTIU-SE DE AMOR
TECEU A VIDA COM FIOS DOURADOS
EU DE CHAPÉU DE COURO E GIBÃO
ENFEITEI O MEU CORAÇÃO
E A MODA, DESFILO AO SEU LADO

VIXI MARIA! A ILHA A CANTAR
TRAÇANDO EM MEUS VERSOS A MINHA ALEGRIA
MENINA RENDEIRA ME ENSINA A BORDAR
NO CÉU EMOÇÃO, NO CHÃO SIMPATIA

 

Beija Flor já tem hino oficial para o Carnaval 2019

Publicado em Grupo Especial
Sexta, 05 Outubro 2018 11:13

Por Luis Leite

Atual campeã da folia carioca, a Beija-Flor de Nilópolis definiu na madrugada desta sexta-feira (05), o seu samba-enredo para o Carnaval 2019.

A parceria vencedora foi dos compositores Di Menor BF, Julio Assis, Kiraizinho, Diego Oliveira, Fabinho Ferreira e Diogo Rosa.

A Beija-Flor será quinta escola a desfilar no domingo de Carnaval no Grupo Especial, com o enredo ''Quem não viu, vai ver... As Fábulas do Beija-Flor'', um passeio pela trajetória da agremiação. O tema será desenvolvido pela comissão de carnaval formada por Cid Carvalho, Bianca Behrands, Victor Santos, Léo Mídia e Rodrigo Pacheco. Em busca do seu 15º título rumo ao bicampeonato.

 

Confira a letra do samba campeão:

NASCIDO FEITO O REI MENINO
EM NINHO DE AMOR E HUMILDADE
MEU PAI DIRECIONOU O MEU DESTINO
VOAR NAS ASAS DA COMUNIDADE
E ARRISQUEI UM VÔO NESSE LINDO AZUL
UM MUNDO ENCANTADO PUDE RECORDAR
EM FÁBULAS BORDEI A FANTASIA
Ê SAUDADE QUE MAREJA O MEU OLHAR
HERDEIRO DESSA TERRA ME TORNEI
CANTEI NOSSOS RECANTOS, TRADICÕES
SOU EU AQUELE FESTIVAL DE PRATA
QUE NA PISTA ARREBATAVA TANTOS CORAÇÕES

Ô Ô Ô Ô AXÉ QUE NO SANGUE HERDEI
NO MEU QUILOMBO, TODO NEGRO É REI

ABRE A SENZALA!! ABRE A SENZALA!!
NESSE TERREIRO O SAMBA É VOZ QUE NÃO CALA

CRESCI, OUVINDO ACORDES ENTRE DOCES MELODIAS
A BELA DAMA RETRATADA EM POESIA E O CANTO DE CRISTAL
A SIMPLICIDADE NO AMOR, AQUELE BEIJO NA FLOR
FEZ MAIS UM SONHO REAL
PÁTRIA AMADA DA GANÂNCIA
EU PEDI SOCORRO PELOS FILHOS TEUS
ALGOZ DA INTOLERÂNCIA
MESMO PROIBIDO, FUI A VOZ DE DEUS
TODA ESSA GRANDEZA, VEM DA NOSSA GENTE
QUE ESQUECE A DOR E SÓ QUER SAMBAR
CORRE EM MINHAS VEIAS, SANGUE AZUL E BRANCO
NILOPOLITANO À EMOCIONAR
UM HINO DE AMOR À NOSSA RAIZ
RAZÃO DO MEU CANTAR FELIZ

VOCÊ ME CONHECE DE OUTROS CARNAVAIS
A DEUSA DO SAMBA, DOS DESFILES IMORTAIS
ÉS A MINHA VIDA, MEU ETERNO AMOR
VOAR MAIS ALTO É O DOM DA BEIJA FLOR

 
 
 

Unidos do Viradouro escolhe samba-enredo para Carnaval 2019

Publicado em Grupo Especial
Domingo, 30 Setembro 2018 10:43

Por Luis Leite

Fotos: Divulgação/Alex Sandro, Maria Zilda Matos e Magaiver Fernades

Em noite de festa e com a quadra lotada, a Unidos do Viradouro definiu na madrugada deste domingo (30), o samba-enredo que levará para a avenida no Carnaval 2019.  Durante concurso entre os compositores, venceu a obra da parceria de Renan Gêmeo, Bebeto Maneiro, Ludson Areia, Jr Filhão, Raphael Richaid, Ricardo Neves e Carlinhos Viradouro.

O evento começou por volta das 22h, com o show do grupo Artejando, com repertório de chorinho.  Logo em seguida, a bateria comandada por mestre Ciça, de volta à escola, fez o seu esquenta, dando início à apresentação de todos os segmentos da vermelho e branca de Niterói. Destaques, baianas, passistas, velha guarda e casais de mestre-sala e porta-bandeira foram embalados pela voz do intérprete oficial Zé Paulo Sierra e seus cantores de apoio, antecedendo o início da apresentação dos três sambas finalistas.

IMG 2594A rainha de bateria, Raíssa Machado, mostrou que está em plena forma. Sambou, esbanjou carisma e muita simpatia durante o evento.

O anúncio do samba vencedor aconteceu por volta das 5h10 pelo presidente Marcelo Calil Petrus Filho. A vitória da parceria foi muito comemorada por todos os segmentos da agremiação.

De volta ao Grupo Especial, a Unidos do Viradouro será a segunda escola a desfilar no domingo de carnaval, com o enredo "Viraviradouro", do carnavalesco Paulo Barros.

 42861656 328359941270218 8571224949954445312 nasz

Confira a letra do samba campeão da Viradouro para 2019:

Compositores: Renan Gêmeo, Bebeto Maneiro, Ludson Areia, Jr Filhão, Raphael Richaid, Ricardo Neves e Carlinhos Viradouro

Se tem magia, encanto no ar
Eu vou viajar ouvindo histórias
De um livro secreto, mistérios sem fim
Vovó desperta a infância em mim
Em cada conto sou mais um menino
Que muda a sorte e sela o destino
Lançado o feitiço pra vida virar
Pro bem ou pro mal é carnaval
E na fantasia a minha alegria é um sonho real

No reino da ilusão o amor seduz o vilão
Num conto de fadas, a felicidade
Encanta o meu coração pra cantar
Deixando a tristeza do lado de lá

E quem ousou desafiar a ira divina
Vagou no mar
Cego pela sede da ambição
Carregando a sina dessa maldição
Seres da sombria madrugada
O medo caminhou na escuridão
Mas a coragem que me faz lutar
É a esperança, razão de sonhar
Imaginar e renascer no sol de cada amanhecer
Das cinzas voltar
Nas Cinzas Vencer

Quem me viu chorar, vai me ver sorrir
Pode acreditar, o amor está aqui
Viraviradouro iluminou
O brilho no olhar voltou

 

 
 
 

 

Beija Flor de Nilópolis terá dois sambas na final

Publicado em Grupo Especial
Sábado, 29 Setembro 2018 12:58

Por Luis Leite

Beija-Flor de Nilópolis definiu os sambas que disputará a grande final na próxima quinta-feira, dia 04 de outubro. A azul e branca da Baixada Fluminense terá apenas dois sambas na decisiva noite. O diretor de carnaval da Deusa da Passarela, Válber Frutuoso, explicou a decisão.

- São os sambas que melhora relatam a história do enredo que levaremos para a Avenida. A safra foi esxclenete, mas não adianta colocar na final obras que não fossem alcançar o que estamos querendo mostrar, mesmo tendo a sua qualidade musical. Teremos os melhores sambas na final - garantiu.

Confira as parcerias finalistas:
Samba 04 - Di Menor BF, Julio Assis, Kiraizinho, Diego Oliveira, Fabinho Ferreira e Diogo Rosa
Samba 07 - Serginho Aguiar, Dr. Rogério, Kaká Kalmão, Márcio França, Jorge Aila e Carlinhos Ousadia

A Beija-Flor busca o seu 15º título na história com o enredo ''Quem não viu, vai ver... As Fábulas do Beija-Flor'', um passeio pela trajetória da agremiação. O tema será desenvolvido pela comissão de carnaval formada por Cid Carvalho, Bianca Behrands, Victor Santos, Léo Mídia e Rodrigo Pacheco.

Jorge do Vale Bezerra, o Pagodinho da Cuíca

Publicado em Obatuque dos Ritmistas
Quinta, 20 Setembro 2018 22:03

Por Luis Leite

Fotos: Arquivo pessoal, Marcelo O Reilly e Eduardo Hollanda

Nascido em Natal, o promotor de vendas Jorge do Vale Bezerra, popularmente conhecido como Pagodinho da Cuíca, tem 55 anos e mora em Rocha Miranda. Portelense de coração, Pagodinho da Cuíca percebeu o dom para tocar em 1972, no Boêmios de Irajá.

Em 1983, o pai de mestre Faísca, Alcides Gregório, o levou para o Império Serrano. Depois passou a frequentar a Portela onde conheceu mestre Marçal. Dali foram viagens internacionais: Portugal, Inglaterra, Estados Unidos e França.

Em pouco tempo Pagodinho adquiriu experiência e logo passou a tocar todos os instrumentos, todavia o apelido não foi dado à toa. Jorge Bezerra tem apreço pela cuíca, mesmo tendo o primeiro contato com o tamborim.

Pagodinho vxzPagodinho zxzpagodinho zzz16112769 1519744404721766 1260845705211833103 oApesar do apelido e de atualmente tocar todos os instrumentos, Pagodinho já desfilou em diversas escolas de samba. Algumas já enrolaram a bandeira como a União de Rocha Miranda, a Infantes da Piedade e a Unidos do Uraiti.

Mesmo com a experiência musical e já ter passado por diversos mestres de bateria, para Pagodinho, as bossas acabam atrapalhando o andamento do ritmo, porém se forem poucas não chega a atrapalhar. E uma dessas bossas que ele não se esquece, foi a que a Padre Miguel fez em 1990. No entanto, o desfile perfeito na sua opinião foi pela bateria da Unidos da Tijuca, em 2014, quando foi contemplada com o Estandarte de Ouro.

Fã de Odilon, Pagodinho não tem uma preferência por um cuiqueiro, pois, segundo ele, estaria cometendo uma injustiça, mas aposta na valorização de todos os ritmistas.

Maiara e Maraísa fazem show na quadra da Beija-Flor nesta sexta

Publicado em Grupo Especial
Terça, 18 Setembro 2018 22:49

Por Luis Leite

A Beija-Flor de Nilópolis recebe um grande show nesta sexta-feira, dia 21 de setembro, a partir das 22h. Maiara e Maraísa colocarão a Baixada Fluminense pra dançar ao som de seus maiores sucessos. O evento terá ainda as participações do grupo Styllo-X e dos DJ´s Anderson França e Ronaldo.

A entrada para a Pista custa R$ 40, a Pista Vip sai a R$ 80 e o camarote tem o ingresso individual vendido a R$ 100. As entradas podem ser compradas na quadra da Beija-Flor, nas lojas South, na sorveteria Recantus e na farmácia Extrato Vegetal. Mais informações no telefone: (21) 3743-0340. A quadra da Deusa da Passarela fica na rua Pracinha Wallace Pases Leme, 1025, em Nilópolis.

Antônio Telles, o Toni do Agogô

Publicado em Obatuque dos Ritmistas
Sexta, 14 Setembro 2018 08:34

Por Luis Leite

Fotos: Arquivo pessoal

Antônio Carlos dos Santos Telles, o Toni do Agogô, tem 53 anos e mora em Rocha Miranda. Toni nasceu no Rio de Janeiro, morou em Irajá e com 38 anos mudou para Rocha Miranda.  

Segundo ele, a escola do coração é a Portela, pois apesar das decepções, não tem como tirar esse sentimento do seu peito. Sua percepção, toca agogô desde os anos 70. Começou a tocar com 6 anos de idade, pois é filho do Edgard do Agogô. Hoje ele toca agogô, cuíca e já tocou caixa por 2 anos no Império Serrano. O seu primeiro instrumento foi agogô, por isso este instrumento é sua paixão.

De acordo com Toni do Agogô, as paradinhas e bossas atuais são excelentes e na maioria muito bem aplicadas e ajudam no crescimento do samba e mexe muito com o público, que passa a prestar muito mais atenção.

Antônio desfilou como ritmistas no Império Serrano, na Portela, Grande Rio, Acadêmicos do Salgueiro, União da Ilha, Caprichosos de Pilares, Tradição, Porto da Pedra etc., inclusive na Tradição é um dos fundadores e por lá desfilou em 1984.  No primeiro ano, ensaiava no Clube Marabu, ali na Clarimundo de Melo.   

Atualmente, Toni desfila no Paraíso do Tuiuti desde 2014. O desfile que mais gostou, de acordo com ele, foi na Tuiuti, em 2016. Foi impecável. Toda a escola se preocupou com os detalhes. Antes da largada, Toni pede licença ao seu pai Oxalá e ao seu pai Ogum.

IMG 20180817 230847978 LLFalando da formação de uma bateria se mestre ele fosse, Toni formaria os ritmistas da seguinte forma: marcação de lados opostos não em fileira, primeiras do lado esquerdo e segundas do lado direito e os surdos de terceira no meio com repique e caixas fazendo a verdadeira cozinha. Trazendo de 290 a 300 ritmistas.   

Para ele, o mestre Ricardinho é um dos que mais admira, pois ele é o que melhor administra pessoas e passa muita confiança, além de tratar muito bem os seus colaboradores, em segundo o mestre Rodnei, da Beija Flor.

IMG 20151101 222252374No agogô, Antônio é fã de o Tadeu, até por se tratar de um grande amigo de mais de 30 anos, e seu filho Vitor Telles. Vitor tem ótima percepção musical e cria bossas para o instrumento como poucos.

Página 1 de 7

 

 

Entrevistas

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Marcelinho Emoção explica a venda de 13 alas comerciais na Vila

Marcelinho Emoção explica...

Por Ricardo MaiaFoto: Eduardo Hollanda Nos últimos anos, as escolas...

Ciganerey: do Engenho da Rainha para a Estação Primeira

Ciganerey: do Engenho...

Equipe OBatuque.comFotos: Marcelo Moura O nome de batismo é Paulo...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

 

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper