Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Felipe Lima deixa o Dendê e assume a voz do Amarelinho

Publicado em Entrevistas
Segunda, 20 Março 2017 12:01

Por Daniel Duarte
Foto: presidente Marquinhos e Felipe Lima/arquivo pessoal

 

Após conquistar o terceiro lugar da Série E, com 169, 4 pontos, e retornar à Série D no Carnaval de 2018, o Corações Unidos do Amarelinho reforça seu carro de som e acaba de anunciar a contratação do jovem intérprete Felipe Lima. 

Após defender neste último carnaval a Acadêmicos do Dendê, ele terá a missão de ser a voz oficial da amarelo e azul do bairro de Irajá.

Além de ter passagem como intérprete oficial da Acadêmicos do Dendê, em 2017, e Favo de Acari, em 2014, o cantor de apoio da Caprichosos de Pilares e Império da Tijuca, 2015 e 2016, será pela terceira vez, em 2018, intérprete oficial de uma escola de samba.

Felipe Lima será apresentado à comunidade no próximo evento da agremiação previsto já para o mês de abril.

OBatuque.com conversou com Felipe para saber sobre a sua expectativa em defender a Corações Unidos do Amarelinho no próximo ano e sobre os trabalhos que ele realiza como vocalista ao longo do ano.

OBatuque.com - Felipe, como foi ser a voz oficial do Acadêmicos do Dendê em 2017?
Felipe Lima
- Foi uma excelente experiência. A escola me deu uma total liberdade de trabalho e também tem uma grande comunidade muito unida e muito dedicada ser intérprete oficial de lá nesse último carnaval foi um privilégio em ter mais uma grande escola no meu currículo

OBatuque.com - Além do Dendê você também cantou em outras escolas nesse carnaval. Como foi essa experiência?
Felipe Lima
- Na verdade, além de cantor oficial do Dendê , eu iria vir como apoio em uma dá Série A, duas da Série B e uma da Série E, mas por regulamento e por falta de tempo e ensaios tive que optar em continuar o trabalho no Dendê e vir em mais uma de apoio na Série B, que foi o Unidos do Jacarezinho, como apoio do meu grande amigo Ailton santos. Foi uma grande experiência e sempre muito bom trabalhar ao lado de amigos.

OBatuque.com - Mais além de trabalhar como intérprete nas escolas de samba você também usa seus dons de cantor em outras atividades?
Felipe Lima
– Claro! O importante é não ficar parado! Faço back vocal, gravo, faço locução etc.

OBatuque.com - São participações em jingles, festas, eventos, campanhas...? Dá para salvar o orçamento ao longo do ano?
Felipe Lima
– Ajuda, sim, claro! Como todo o trabalho, têm épocas boas e ruins.

OBatuque.com - E quais seus planos para 2018? Como você recebeu o convite para ser a principal voz dá Corações Unidos do Amarelinho?
Felipe Lima
- Quando tive a triste notícia do rebaixamento do meu querido Acadêmicos do Dendê , eu tive três convites, porém o do Amarelinho foi a única escola em que já tenho amigos trabalhando nela, e como eu sempre digo que nesse mundo temos que andar unidos, pra mim foi o melhor e tenho certeza que tomei a decisão correta

OBatuque.com - Então, já que novas portas se abrem e as anteriores permanecem abertas, deixe sua mensagem para a comunidades dessas duas belas escolas, o Dendê e a Corações Unidos.
Felipe Lima
- Ao Acadêmicos do Dendê: muito obrigado pela oportunidade ao meu eterno amigo presidente Fabiano e toda comunidade. Com certeza absoluta de que o Dendê não merece estar no grupo que está, mas agora é levantar a cabeça e trabalhar muito para o próximo carnaval. Ao Corações Unidos do Amarelinho: obrigado presidente Marquinho pela confiança e tenho a certeza que faremos um belíssimo desfile já pensando na biclassificação, se Deus quiser.

Felipe Lima deixa o Dendê e assume a voz do Amarelinho

Publicado em Últimas Notícias 1
Segunda, 20 Março 2017 15:01

Por Daniel Duarte
Foto: presidente Marquinhos e Felipe Lima/arquivo pessoal

 

Após conquistar o terceiro lugar da Série E, com 169, 4 pontos, e retornar à Série D no Carnaval de 2018, o Corações Unidos do Amarelinho reforça seu carro de som e acaba de anunciar a contratação do jovem intérprete Felipe Lima. 

Após defender neste último carnaval a Acadêmicos do Dendê, ele terá a missão de ser a voz oficial da amarelo e azul do bairro de Irajá.

Além de ter passagem como intérprete oficial da Acadêmicos do Dendê, em 2017, e Favo de Acari, em 2014, o cantor de apoio da Caprichosos de Pilares e Império da Tijuca, 2015 e 2016, será pela terceira vez, em 2018, intérprete oficial de uma escola de samba.

Felipe Lima será apresentado à comunidade no próximo evento da agremiação previsto já para o mês de abril.

OBatuque.com conversou com Felipe para saber sobre a sua expectativa em defender a Corações Unidos do Amarelinho no próximo ano e sobre os trabalhos que ele realiza como vocalista ao longo do ano.

OBatuque.com - Felipe, como foi ser a voz oficial do Acadêmicos do Dendê em 2017?
Felipe Lima
- Foi uma excelente experiência. A escola me deu uma total liberdade de trabalho e também tem uma grande comunidade muito unida e muito dedicada ser intérprete oficial de lá nesse último carnaval foi um privilégio em ter mais uma grande escola no meu currículo

OBatuque.com - Além do Dendê você também cantou em outras escolas nesse carnaval. Como foi essa experiência?
Felipe Lima
- Na verdade, além de cantor oficial do Dendê , eu iria vir como apoio em uma dá Série A, duas da Série B e uma da Série E, mas por regulamento e por falta de tempo e ensaios tive que optar em continuar o trabalho no Dendê e vir em mais uma de apoio na Série B, que foi o Unidos do Jacarezinho, como apoio do meu grande amigo Ailton santos. Foi uma grande experiência e sempre muito bom trabalhar ao lado de amigos.

OBatuque.com - Mais além de trabalhar como intérprete nas escolas de samba você também usa seus dons de cantor em outras atividades?
Felipe Lima
– Claro! O importante é não ficar parado! Faço back vocal, gravo, faço locução etc.

OBatuque.com - São participações em jingles, festas, eventos, campanhas...? Dá para salvar o orçamento ao longo do ano?
Felipe Lima
– Ajuda, sim, claro! Como todo o trabalho, têm épocas boas e ruins.

OBatuque.com - E quais seus planos para 2018? Como você recebeu o convite para ser a principal voz dá Corações Unidos do Amarelinho?
Felipe Lima
- Quando tive a triste notícia do rebaixamento do meu querido Acadêmicos do Dendê , eu tive três convites, porém o do Amarelinho foi a única escola em que já tenho amigos trabalhando nela, e como eu sempre digo que nesse mundo temos que andar unidos, pra mim foi o melhor e tenho certeza que tomei a decisão correta

OBatuque.com - Então, já que novas portas se abrem e as anteriores permanecem abertas, deixe sua mensagem para a comunidades dessas duas belas escolas, o Dendê e a Corações Unidos.
Felipe Lima
- Ao Acadêmicos do Dendê: muito obrigado pela oportunidade ao meu eterno amigo presidente Fabiano e toda comunidade. Com certeza absoluta de que o Dendê não merece estar no grupo que está, mas agora é levantar a cabeça e trabalhar muito para o próximo carnaval. Ao Corações Unidos do Amarelinho: obrigado presidente Marquinho pela confiança e tenho a certeza que faremos um belíssimo desfile já pensando na biclassificação, se Deus quiser.

 

 

Entrevistas

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Marcelinho Emoção explica a venda de 13 alas comerciais na Vila

Marcelinho Emoção explica...

Por Ricardo MaiaFoto: Eduardo Hollanda Nos últimos anos, as escolas...

Ciganerey: do Engenho da Rainha para a Estação Primeira

Ciganerey: do Engenho...

Equipe OBatuque.comFotos: Marcelo Moura O nome de batismo é Paulo...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Tucuruvi anuncia André Oliveira como coreógrafo da Comissão de Frente

Tucuruvi anuncia André Oliveira como coreógrafo da Comissão de Frente

Foto: Renato Cipriano A escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi, do Grupo Especial do carn...

 

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper