Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

O Sol há de brilhar mais uma vez

Publicado em Artigos
Quarta, 16 Novembro 2016 21:15

A bruxa está solta no samba que parece viver seu inferno astral

Por Aloisio Villar

No fim de semana duas bombas surgiram. A primeira foi a perda da quadra da São Clemente. A questão da quadra sempre foi um problema para a escola, que inclusive nos anos 80, levou para a Sapucaí o enredo "Quem casa quer casa", onde falava dos problemas de habitação no país e do seu próprio. O livro "As primas sapecas da folia" retrata bem esse drama clementiano.

Problema que parecia resolvido quando na década passada a agremiação recebeu um terreno na Presidente Vargas para fazer sua quadra. Os clementianos cuidaram do espaço, ergueram sua casa e sua autoestima. Não por coincidência surgiu aí a grande fase da São Clemente, ficando raízes no Grupo Especial.

Agora, a União pediu o terreno de volta fazendo o fantasma retornar. Se nos anos 80 já era difícil fazer carnaval sem quadra, imagine o carnaval caro de hoje? Um grande problema para a preto e amarelo.

A segunda bomba veio da Ilha do Governador. Ia tudo bem com a União da Ilha e seu belo enredo “Nzara Ndembu”, que rendera à agremiação sua melhor safra de sambas dos últimos anos. Até que o problema surgiu.

Se na São Clemente foi um problema antigo, na União da Ilha um problema dos tempos modernos. Uma conversa em que o compositor Gugu das Candongas criticava um samba concorrente, a direção da escola e a comunidade vazou, ganhou grande proporção e o samba da parceria foi excluído do concurso sob aplausos da comunidade.

Acho que a fala de Gugu não tinha nada demais. Nada que os compositores não falem sempre com quem têm intimidade. Normalmente o que ele disse renderia uma grande bronca, e assunto resolvido internamente. O problema é que o vazamento também vazou; a comunidade se revoltou e aí realmente a escola não tinha outra saída.

Gugu errou ao falar da comunidade que lhe apoiou em várias vitórias, mas para mim o erro maior foi a quebra de confiança. Do papo privado se tornar público. Acho também que a escola sofreu uma grande perda, já que o samba era um dos melhores, mas não pode aumentar essa perda. Gugu é o maior compositor insulano da atualidade e perder seu talento para o futuro é autopunição. Ele já foi punido, o samba foi cortado, vida que segue. Ele errou e pediu desculpas. A comunidade já errou várias vezes também. Todos erram. 

Se essas duas bombas já eram suficientes para muitos assuntos, o que falar da bomba nuclear arremessada segunda?

O assassinato de Marcos Falcon não é impactante apenas para a Portela e as escolas filiadas ao Samba é Nosso. Impacta a todos nós que amamos o samba e acompanhamos o trabalho que ele vinha desenvolvendo.

Falcon era o maior líder surgido na Portela desde Natal. O maior do carnaval desde a entrada dos bicheiros. Falcon deu condições dignas para as escolas da Intendente Magalhães e fez a gigante Portela acordar.

Não havia sido ainda campeão do carnaval, mas era questão de tempo. Com Falcon e seu grupo, a Portela voltou a ser temida, esperada, enaltecida. Não voltou a ser respeitada porque isso ela nunca perdeu, mas voltou a ser Portela.

Controverso, brigão, gentil, odiado, amado, carismático, líder. Era impossível ignorar Marcos Falcon. Em pouco tempo botou seu nome na história do carnaval.

Falcon partiu deixando a Portela sangrando. Madureira chora de dor e a gente tenta entender o que aconteceu. Só uma coisa já entendi: tenho certeza de que a Portela virá com sangue nos olhos para a avenida. Lá vem trovoada.

Dias difíceis para o samba.

Mas o Sol há de brilhar mais uma vez.

 

Twitter - @aloisiovillar 

 

Facebook - Aloisio Villar

Deixe um comentário

Enquete

O que achou do novo site?
  • Votos: 0%
  • Votos: 0%
  • Votos: 0%
  • Votos: 0%
  • Votos: 0%
Votos totais:
Primeiro voto:
Último voto:

 

 

Entrevistas

Felipe Lima deixa o Dendê e assume a voz do Amarelinho

Felipe Lima deixa...

Por Daniel DuarteFoto: presidente Marquinhos e Felipe Lima/arquivo pessoal Após...

Marcus Vinícius desabafa: “A Alegria da Zona Sul merece respeito”

Marcus Vinícius desabafa:...

Por Wellington Lopes Foto: arquivo pessoal/por Val DiOlyvera Após a...

Lá vem a Pioneira sob a batuta do mestre China

Lá vem a...

Por Wellington LopesFoto: Alexandre Lourenço Ele nasceu José Roberto Monteiro Bitar,...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Grupo Pixote na quadra da Estácio de Sá

Grupo Pixote na quadra da Estácio de Sá

O pagode vai rolar solto no Berço do Samba. Dia 27 de maio, sábado, a partir d...

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Manacapuru e o festival de cirandas

Manacapuru e o festival de cirandas

Por Ricardo Maia A diversidade cultural do brasileiro encanta e surpreende cada vez mais. A cerc...

 

Extras

fotos

propaganda yes

JoomShaper