Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Essa nega tem poder! Mocidade consagra parceria de Sandra de Sá Destaque

Publicado em Grupo Especial
Domingo, 15 Setembro 2019 05:29
 Parceria vencedora do samba-enredo da Mocidade.  A escola homenageará a cantora Elza Soares em 2020 Parceria vencedora do samba-enredo da Mocidade. A escola homenageará a cantora Elza Soares em 2020 Foto/Divulgação

Por Luis Leite

Com a quadra lotada de foliões, a Mocidade Independente de Padre Miguel escolheu, no início da manhã deste domingo (15), o seu samba-enredo, que exaltará a cantora Elza Soares no Carnaval de 2020.

Em uma competição bastante acirrada e mais aguardada pelo público, venceu a obra composta por Sandra de Sá, Igor Vianna, Dr. Márcio, Solano Santos, Renan Diniz, Jefferson Oliveira, Professor Laranjo e Telmo Augusto. A parceria sagrou-se campeã pela primeira vez na história da Verde e Branca.

A festividade começou por volta das 22h30, com a roda de samba do Grupo Sambalô. A noite seguiu com um grande show de apresentação dos segmentos da escola, todos embalados pela voz do intérprete oficial Wander Pires e seus cantores de apoio.

O resultado foi anunciado por volta das 5h, após um breve discurso do presidente Flávio Santos com a sua diretoria. A comunidade da Vila Vintém abraçou o samba.

A Estrela Guia da Zona Oeste será a quinta escola a desfilar na segunda-feira de carnaval, com o enredo ”Elza Deusa Soares”, desenvolvido pelo carnavalesco Jack Vasconcelos.

A disputa deste ano contou com 23 parcerias inscritas, dos 32 compositores envolvidos na final, mais da metade dos poetas já ganharam samba na Mocidade. 

 

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=RDfoCVUMQKM

 

Veja a letra do samba-enredo campeão da Mocidade:

 

Lá vai, menina
Lata d’água na cabeça
Esqueça a dor
Que esse mundo é todo seu
Onde a água santa foi saliva
Pra curar toda ferida
Que a história escreveu
É sua voz que amordaça a opressão
Que embala o irmão
Para a preta não chorar
Se a vida é uma aquarela
Vi em ti a cor mais bela
Pelos palcos a brilhar

É hora de acender
No peito a inspiração
Sei que é preciso lutar
Com as armas de uma canção
A gente tem que acordar
Da “lama” nasce o amor
Quebrar as agulhas
Que vestem a dor

Brasil
Esquece o mal que te consome
Que os filhos do Planeta Fome
Não percam a esperança
Em seu cantar
Ó nega!
Sou eu que te falo em nome daquela
Da batida mais quente
O som da favela
A resistência em oração
Se acaso você chegar
Com a mensagem do bem
O mundo vai despertar
Deusa da Vila Vintém
És a estrela
Meu povo esperou tanto pra revê-la

Laroyê e Mojubá
Liberdade
Abre os caminhos pra Elza passar
Canta Mocidade!
Essa nega tem poder
É luz que clareia
É samba que corre na veia

 

Última modificação em Segunda, 16 Setembro 2019 12:31

Itens relacionados (por tag)

  • Mangueira,União da Ilha e Estácio de Sá escolhem sambas para o Carnaval 2020

    Por Luis Leite

    Estácio de Sá decidiu juntar dois dos três sambas finalistas

    Com quadras lotadas, torcidas animadas e disputas acirradas, Mangueira, União da Ilha e a Estácio de Sá escolheram, na madrugada deste domingo (13), seus sambas-enredos que será levado à Marquês de Sapucaí no Carnaval de 2020.

    Na Estação Primeira de Mangueira, após a apresentação dos três sambas finalistas,venceu a parceria de Manu da Cuíca e Luiz Carlos Máximo. A dupla aprovou o novo modelo de disputa proposto pela Verde e Rosa com a proibição de intépretes de outras agremiações e comemoraram a vitória.

    “Vencer um samba com esse formato de disputa é muito importante para nós. A Mangueira deu um passo para a democratização e igualdade nunca vista numa disputa de samba-enredo. Temos uma ligação muito forte com a questão da justiça social e ouvir as pessoas da Mangueira, do morro, cantando nosso samba, com este enredo contextualizado me impactou profundamente”, disse Máximo.

    Atual campeã do carnaval carioca, será a terceira escola a desfilar no domingo de folia com o enredo “A Verdade Vos Fará Livre”, de autoria do carnavalesco Leandro Vieira, que levará para avenida a biografia de Jesus Cristo.

    foto final de samba na U.da Ilha

    Na União da Ilha, a noite também foi de festa e decisão. Os vencedores foram Márcio André, Marcio André Filho, Rafael Prates, J. Alves, Daniel e Marinho.  A Tricolor Insulana será a sexta a desfilar no domingo de Carnaval com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: salve-se quem puder!” dos carnavalescos Fran Sérgio e Cahê Rodrigues.

    Já na Estácio de Sá, a direção da escola optou por fazer a junção entre dois sambas, o da parceria Carioca e Guanabara com a dos compositores Edson Marinho, Jorge Xavier, Júlio Alves, Jailton Russo, Ivan Ribeiro e Dudu.
    No próximo ano, a Vermelha e Branca do Morro de São Carlos apresentará o enredo "Pedra", que está sendo desenvolvido pela carnavalesca Rosa Magalhães.  Será a primeira agremiação a se apresentar no domingo de Carnaval. 

  • Em clima circense, Salgueiro escolhe samba para o Carnaval 2020

    Texto e foto: Luis Leite

    O circo chegou no Salgueiro!

    Após uma disputa acirrada, com três obras finalistas, o Acadêmicos do Salgueiro escolheu na manhã deste domingo(12), feriado de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças, o samba-enredo que levará para Marquês de Sapucaí em 2020.  A parceria vencedora foi a dos poetas Marcelo Motta, Fred Camacho, Guinga do Salgueiro, Getúlio Coelho, Ricardo Neves e Francisco Aquino. Marcelo sagrou-se campeão pela oitava vez dentro da Acadêmia.

    "Nosso samba, acima de tudo, tem toda a virtude do DNA salgueirense. Traz, em sua totalidade, a energia e a emoção com a qual nossa comunidade se identifica e que tornou-se tradição através dos carnavais exaltando este personagem como vencedor que foi, trazendo em sua letra a integralidade do enredo. Ele é forte, é pulsante, sem que a melodia caia no oba-oba.  Retrata a luta vitoriosa de Benjamim, de uma forma poética, original e alegre como o artista foi, sem curvar-se à melancolia", Contou o compositor Motta.

    No ano que vem a Vermelha e Branca da Tijuca será a terceira a desfilar na segunda-feira de carnaval com enredo “O Rei Negro do Picadeiro” do carnavalesco Alex de Souza. A escola homenageará os 150 anos de Benjamin de Oliveira, considerado o primeiro palhaço negro do Brasil.

    A abertura do evento ficou por conta da roda de samba do grupo Pagada Brasileira,com atração principal do grupo Pique Novo, agitando o público com seus grandes sucessos.  A noite seguiu com a ala Show de Passistas comandada pelo coreógrafo Carlinhos do Salgueiro, proporcionando um belíssimo espetáculo, além dos principais seguimentos da escola, embalados pelas vozes marcantes de Quinho e Emerson Dias, todos caracterizados de palhaços.foto Luis Leite 2

    O evento foi marcado pela presença da rainha de bateria Viviane Araújo vestida com a fantasia de palhacinha. A atriz, com todo seu gingando, mostrou muito samba no pé, interagiu com público e posou para fotos ao lado de fãs.  

    A festa terminou na Rua Silva Telles com todos os salgueirenses exaltando o samba vencedor.

     

    Link do video: https://www.youtube.com/watch?v=XZnOyg0hg94

     

    Confira a letra do samba campeão:

    Na corda bamba da vida me criei

    Mas qual o negro não sonhou com liberdade?

    Tantas vezes perdido, me encontrei

    Do meu trapézio saltei num voo pra felicidade

    Quando num breque, mambembe Moleque

    Beijo o picadeiro da ilusão

    Um novo norte, lançado à sorte

    Na companhia do luar

    Feito sambista

    Alma de artista que vai onde o povo está

    E vou estar com o peito repleto de amor

    Eis a lição desse nobre palhaço

    Quando cair, no talento, saber levantar

    Fazer sorrir quando a tinta insiste em manchar

    O rosto retinto exposto

    Reflete no espelho

    Na cara da gente um nariz vermelho

    Num circo sem lona, sem rumo, sem par

    Mas se todo show tem que continuar

    Bravo! Ah esperança entre sinais e trampolins

    E a certeza que milhões de Benjamins

    Estão no palco sob às luzes da ribalta

    Salta menino!

    A luta me fez majestade

    Na pele, o tom da coragem

    Pro que está por vir

    Sorrir é resistir!

    Olha nós aí de novo

    Pra sambar no picadeiro

    Arma o circo, chama o povo, Salgueiro!

    Aqui o negro não sai de cartaz

    Se entregar, jamais!

  • Ê laroyê ina mojubá! Parceria do Cantor Magal Clareou vence disputa na Beija-Flor

    Por Luis Leite

    Segura o povo que o povo é o dono da rua!

    Em clima de festa, a Beija-Flor de Nilópolis escolheu, na madrugada desta sexta-feira (11), o samba-enredo que irá embalar os componentes no Carnaval de 2020 com o enredo “Se essa rua fosse minha”, desenvolvido pelos carnavalescos Cid Carvalho e Alexandre Louzada.

    A parceria campeã foi a dos compositores Magal Clareou, Diogo Rosa, Julio Assis, Jean Costa, Dario Jr. e Thiago Soares. Magal que é vocalista do grupo de pagode 'Clareou', atualmente um dos melhores do Rio.

    A noite começou em grande estilo, com o show dos demais segmentos da Azul e Branco, embalados pela bateria comandada pelos mestres Plínio e Rodney e pela voz do intérprete oficial Neguinho da Beija-Flor, que se recupera de uma pequena cirurgia, antecedendo o início da apresentação dos três sambas finalistas.

    IMG 20191011 WA0047

    O evento também contou com a presença da rainha de bateria Raissa de Oliveira, depois de dois meses afastada por ter dado à luz a sua primeira filha, Rhayalla. A morena mostrou que está em plena forma física e com muito samba no pé celebrou bastante a escolha do samba vencedor.

    A Deusa da Passarela será a sexta e última escola a desfilar na segunda-feira de carnaval na Marquês de Sapucaí.

     

    Link do Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=6Ka-q_qEjTg&list=RD6Ka-q_qEjTg&start_radio=1

     

    Letra do samba campeão:

     

    Ê LAROYÊ INÁ MOJUBÁ
    ADAKÊ EXU ÔÔÔ
    SEGURA O POVO QUE O POVO É O DONO DA RUA
    *Ô CORRE GIRA QUE A RUA É DO BEIJA-FLOR*

    PRECEITO! MINHA FÉ PRA SEGUIR NESSA ESTRADA
    ODARA Ê! REINA FIRME NA ENCRUZILHADA
    ABRAM OS CAMINHOS DO MEU BEIJA FLOR
    POR ROTAS JÁ TRILHADAS NO PASSADO  
    O TEMPO DE TORMENTAS QUE ESSE  MAR LEVOU
    REVELAM ESTE NOVO ELDORADO
    NAS TRILHAS DA VIDA... DESBRAVADOR!
    DESTINO TRAÇADO... VENCEDOR!
    NOS BECOS DA SOLIDÃO
    MOLEQUE DE PÉ NO CHÃO

    E NESSAS ANDANÇAS EU SIGO TEUS PASSOS
    SÃO TANTAS PROMESSAS DE UM PEREGRINO
    É CRER NO MILAGRE, SAGRADOS VALORES
    EM TANTOS ALTARES. EM TANTOS ANDORES  

    A VELA QUE ACENDE A DOR QUE SE APAGA  
    A MÃO QUE AFAGA SE TORNA CORRENTE

    NILOPOLITANO EM ROMARIA
    A FÉ ME GUIA! A FÉ ME GUIA!

    EM MEUS DEVANEIOS
    ENTRE O REAL E A IMAGINAÇÃO
    SAUDADE PERSISTE,
    INSISTE EM PASSEAR NO CORAÇÃO  
    FEITO UM POEMA A BEIRA-MAR
    CANTO PRA TE VER PASSAR
    ME VEJO EM TEU CAMINHO
    NESSA IMENSIDÃO AZUL DO TEU AMOR
    E ÀS VEZES, PERDIDO
    EU ME ENCONTRO EM TUAS ASAS, BEIJA-FLOR
    POR MAIS QUE EXISTAM BARREIRAS
    EU VIM PRA VENCER NO TEU NINHO
    É BOM LEMBRAR, EU NÃO ESTOU SOZINHO

     

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Luiz Carlos Bruno: “Quero voltar a trabalhar para fechar o portão com sabor de dever realizado”

Luiz Carlos Bruno:...

Por Ricardo MaiaFotos: arquivo pessoal A paixão de Luiz Carlos Bruno...

Juarez Carvalho, o Titio das baianas da Tijuca

Juarez Carvalho, o...

Por Ricardo Maia Desde 1999 na Unidos da Tijuca, Juarez Carvalho...

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Carnaval pelo Brasil

Ex Panicat Tânia Oliveira posa para o Carnaval e fala sobre ansiedade

Ex Panicat Tânia Oliveira posa para o Carnaval e fala sobre ansiedade

Faltando exatos seis dias para o início do desfile do Carnaval Paulistano, na manh&at...

 

icone instagram

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper