Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Uma noite na União da Ilha Destaque

Publicado em Artigos
Quinta, 05 Setembro 2019 10:46

Por Aloisio Villar  

Estive na União da Ilha semana passada.

Quase um ano que não ia à escola e foi muito bacana reencontrar a agremiação. Vi uma escola animada, esperançosa com a chegada de Laíla. Como eu disse no último artigo, Laíla é um dos grandes gênios do carnaval, e essa união, com certeza, fará muito bem para ele e para a escola.

Noite agradável e um clima familiar como sempre é na União. Belos sambas antigos, bons sambas apresentados e o reencontro com pessoas tão queridas na minha vida. Poderia ser uma noite perfeita, mas, mesmo sendo torcedor da agremiação, tenho que ser crítico, e é isso que esperam de mim.

Para começar. O horário do início da disputa estava marcado para as 20h, e o primeiro samba só começou sua apresentação depois das 11h. Era dia útil, uma quinta-feira, e isso é uma falta de respeito com quem vai até a quadra, pois o público consumidor tem que acordar cedo no dia seguinte. Eu mesmo tive que ir embora antes dos sambas que eu adorei quando ouvi na internet: os sambas de Lobo Junior e Carlinhos Fuzileiro. No entanto, pude ouvir o belo samba de Marquinhus do Banjo.

As escolas de samba têm essa mania feia de atrasar ensaios, de não começar seus eventos no horário marcado. Isso, em qualquer lugar do mundo, em qualquer tipo de evento, é falta de educação. Imagine marcar uma peça de teatro para oito horas e começar às 11? O público vai embora e pede o dinheiro de volta. É mania de samba, mania de brasileiro, mania feia que tem que ser mudada, ainda mais se foi pelo motivo alegado: birra de Laíla com a Beija-Flor, que ensaiava no mesmo horário e queria atrapalhar a ida de cantores, compositores e músicos para a agremiação. Esse motivo é coisa de criança, não de um gênio como o Laíla.

E é sobre o Laíla que eu quero falar agora.

Como eu disse, é inegável a genialidade dele, sua importância para o carnaval e o bem que ele faz para a União da Ilha em seu astral e confiança, todavia algumas coisas me preocupam. Me preocupou saber que o tal enredo sem sinopse não foi como eu imaginava. Esperava que pelo menos tivesse uma diretriz, pontos a serem tocados e tipo de enredo. Pode até ter tido, e acredito que tenha tido, mas parece que isso não foi entendido pelos compositores. Sambas completamente diferentes uns dos outros, onde não entendi o enredo, não vi enredo e fica quase impossível compará-los. Se eu fosse fazer a análise de finalistas, este ano seria bem complicado em um concurso que, pela liberdade total, parece de samba de quadra. É evidente que é bacana um enredo sem sinopse e com liberdade como eu havia falado antes, porém pareceu samba sem sinopse e sem enredo.

Outra coisa: a escola passou a impressão de caminhar pelo mesmo erro da Tijuca, que violentou seu estilo de samba e virou uma segunda Beija-Flor neste ano. Como eu disse gostei de alguns sambas, gostei do samba do Marquinhus, gostei dos sambas de Lobo Junior e Carlinhos Fuzileiro quando ouvi na internet e, dizem que o samba de Marcio André é bom, todavia ainda não tive a oportunidade de ouvi-lo.

O problema é que não vi a União da Ilha nos sambas, eu vi a Beija-Flor. Vi melodias pesadas, letras em sua maioria tristes, uma situação que nada tem a ver com a agremiação insulana. Me dá medo de assistir a carros na avenida com mãe chorando, com o corpo do filho nos braços e o Cristo sendo açoitado.

Com todo respeito e humildade, um gênio é um gênio quando consegue se reinventar. Então o Laíla tem que mostrar o gênio que é fazendo isso. Ele tem que entender que saiu da Beija-Flor, não está mais lá. Dava para fazer enredo, como ele parece querer na União da Ilha, sem violentar o estilo da escola. Dava para fazer enredo crítico com ironia e deboche. E outra: soube que palavras e certas situações foram proibidas para não parecer "partidário". Desculpe-me, mas enredo crítico com proibições é "passar pano". Fica muito limpinho, vira um "criança esperança".

Do mais, boa sorte à minha querida agremiação e ao gênio do carnaval. Que a União da Ilha consiga tirar o melhor do Laíla e, principalmente, Laíla consiga tirar o melhor da União da Ilha.

 

P.S. - Depois de quatro anos e oito meses chegou a hora de me despedir desse histórico site de carnaval. Infelizmente, ou felizmente, já que são coisas importantes para mim, minha vida anda de forma muito acelerada por outros caminhos e não posso acompanhar bem o carnaval. Então não é justo estar aqui "para roubar" com artigos cada vez mais esporádicos e sem estar vivendo o carnaval.

Agradeço demais ao site, a todos que me receberam com muito carinho e fica aqui meu aplauso ao OBatuque.com por toda sua história, tradição e conteúdo. Seguiremos sempre juntos.

Um grande abraço.

Twitter - @aloisiovillar  

Facebook - Aloisio Villar  

Instagram - @aloisiovillar  

__________________

Nota da Redação: Aloisio, OBatuque.com que te agradece pelos belos artigos aqui publicados, que engrandeceram o site e contribuíram para escrever mais um capítulo na nossa história. Mesmo com a sua decisão, OBatuque está de portas abertas para que você possa tecer suas análises sobre o nosso carnaval de forma competente como sempre fez.

Até breve!

Equipe OBatuque.com

Última modificação em Quinta, 05 Setembro 2019 11:00

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Luiz Carlos Bruno: “Quero voltar a trabalhar para fechar o portão com sabor de dever realizado”

Luiz Carlos Bruno:...

Por Ricardo MaiaFotos: arquivo pessoal A paixão de Luiz Carlos Bruno...

Juarez Carvalho, o Titio das baianas da Tijuca

Juarez Carvalho, o...

Por Ricardo Maia Desde 1999 na Unidos da Tijuca, Juarez Carvalho...

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Carnaval pelo Brasil

Ex Panicat Tânia Oliveira posa para o Carnaval e fala sobre ansiedade

Ex Panicat Tânia Oliveira posa para o Carnaval e fala sobre ansiedade

Faltando exatos seis dias para o início do desfile do Carnaval Paulistano, na manh&at...

 

icone instagram

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper