Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Beija-Flor faz junção dos sambas finalistas Destaque

Publicado em Grupo Especial
Terça, 09 Outubro 2018 18:12
Beija-Flor faz junção dos sambas finalistas Foto: Eduardo Hollanda/Divulgação

Por Luis Leite

A Beija-Flor de Nilópolis resolveu fazer algumas adaptações no samba-enredo que venceu a sua disputa finalizada na última quinta-feira, dia 04 de outubro. Para aproveitar todas as possibilidades oferecidas pelas obras finalistas, a diretoria da escola resolveu unificar os sambas 04 e 07.

- Resolvemos fazer essa junção pegando momentos que são muito fortes nos dois sambas. O refrão do samba 07, que foi vice-campeão, faz uma exaltação que tem tudo a ver com a proposta do enredo, e há uma complementação perfeita de ideias no samba 04. Os demais acertos de letra buscam atender aos critérios de julgamento que sempre estamos atentos para chegar aos 40 pontos no quesito. A ideia é ter um hino que retrate de forma perfeita esses 70 anos da escola - explicou Válber Frutuoso, diretor de carnaval da Beija-Flor.

Desta forma então, o samba da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval 2019 será assinado por Di Menor BF, Julio Assis, Kirraizinho, Diego Oliveira, Fabinho Ferreira, Diogo Rosa, Rogério Coutinho, Marcio França, Carlinhos Ousadia, Kaká Kalmão, Jorge Ayla e Serginho Aguiar.

 

https://www.youtube.com/watch?v=vJSp5-hL3lw 

Confira abaixo como ficou a letra do samba.


Nascido feito rei menino
Em ninho de amor e humildade
Meu Pai direcionou o meu destino
Voar nas asas da felicidade
E arrisquei um vôo nesse lindo azul
Um mundo encantado pude recordar
Em fábulas bordei a fantasia
Ê saudade que mareja o meu olhar
Herdeiro dessa terra me tornei
Cantei nossos recantos, tradições
Sou eu aquele festival de prata
Que na pista arrebata tantos corações

ÔÔÔÔ Axé que no sangue herdei
No meu quilombo, todo negro é rei
Abre a senzala!! Abre a senzala!!
Nesse terreiro o samba é a voz que não cala

Cresci, ouvindo acordes entre doces melodias
A bela dama retratada em poesia e o canto de cristal
A simplicidade no amor, aquele beijo na flor
Fez mais um sonho real
Pátria amada da ganância
Eu pedi socorro pelos filhos teus
Algoz da intolerância
Mesmo proibido, fui a voz de Deus
Toda essa grandeza, vem da nossa gente
Que esquece a dor e só quer sambar
É por esse amor
Quero meu valor me faz brilhar
Comunidade me ensinou
A ser apaixonado como eu sou
Ontem, hoje, sempre Beija-Flor

Oh Deusa!!!
Tem festa no meu coração
Desfilo toda gratidão
Razão do meu cantar,
A luz do meu viver...
O que seria de mim sem você?


A Beija-Flor busca o seu 15º título na história e será a quinta escola escola a desfilar no domingo de folia. O desfile será desenvolvido pela comissão de carnaval formada por Cid Carvalho, Bianca Behrands, Victor Santos, Léo Mídia e Rodrigo Pacheco.

Última modificação em Quarta, 24 Outubro 2018 11:27

Itens relacionados (por tag)

  • Rainha de Bateria, Caroline Lima exibe boa forma em evento da União de Jacarepaguá

    Por Luis Leite

    O Domingo foi de muito samba no pé para Caroline Lima, a rainha de bateria da União de Jacarepaguá. A majestade prestigiou o evento da escola que recebeu as coirmãs campeãs de 2019, Estácio de Sá e Vigário Geral, e ainda realizou sua festa de São Jorge. Entrosada com os ritmistas, Carol sambou à frente da bateria Ritmo União até o final da noite.

    Para a ocasião a beldade optou por um look dourado, do Ateliê Rodriguez, composto por um cropped com transparência, contendo detalhes com dentes de marfim e um micro shorts que valorizou ainda mais as pernas torneadas e saradas da morena.

    Apesar de aparentar pronta para o carnaval 2020, Carol garante que irá intensificar os treinos e contará com procedimentos estéticos para arrasar ainda mais no próximo desfile da escola que terá como o enredo "Quilombo Jacarepaguá".

  • Morre Tia Maria do Jongo da Serrinha

    Por Luis Leite

    Morreu na manhã deste sábado (18), aos 98 anos, a Tia Maria do Jongo, uma das principais responsáveis por manter a tradição do ritmo africano no Brasil.  Ela era a única fundadora viva da escola de samba Império Serrano.  A verde e branco nasceu no quintal de sua casa.

    Maria de Lourdes Mendes estava na sede Casa do Jongo, no Morro da Serrinha, em Madureira, quando passou mal e foi levada para o posto de atendimento médico (PAM) de Irajá, na Zona Norte do Rio, onde veio a falecer.

    Na última terça-feira (14), Tia Maria recebeu o Prêmio Sim à Igualdade Racial 2019, do Instituto Identidades do Brasil, na categoria Arte em Movimento, em cerimônia no Copacabana Palace.

    A causa da morte, o velório e sepultamento ainda não foram divulgados.

     



  • Morre a cantora Beth Carvalho

    Texto e foto: Luis Leite

    Morreu aos 72 anos, no final da tarde desta terça-feira (30), no Rio de Janeiro, a cantora e compositora Beth Carvalho.  Ela estava internada desde o dia 8 de janeiro, no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul da cidade.  Em nota, o hospital informou que a causa da morte foi em decorrência de infecção generalizada.  A Madrinha do Samba enfrentava graves problemas de coluna.  

    O velório da sambista será realizado nesta quarta-feira (1º), a partir das 10h da manhã, no Salão Nobre da sede do Clube Botafogo de Futebol e Regatas, time para o qual Beth torcia.   Às 16h, o corpo seguirá em cortejo, com carro do Corpo de Bombeiros, para o Crematório do Caju, onde ocorrerá cerimônia apenas amigos e familiares.

    Elizabeth Santos Leal de Carvalho, mais conhecida como Beth Carvalho, um dos maiores nomes do samba no Brasil, nasceu no Rio de Janeiro em 5 de maio de 1946, começou a carreira musical aos 8 anos de idade após ganhar da mãe um violão, teve como influências Sílvio Caldas, Elizabeth Cardoso e Aracy de Almeida.  Na adolescência, cantava bossa nova e outros ritmos em festas e, para ajudar a família, após o pai ser perseguido na ditadura por seus pensamentos de esquerda, passou a dar aula de música.

    Na adolescência, inspirada pela bossa nova, começou a tocar violão e virou professora de música.... - Veja mais em https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/04/30/morre-aos-72-anos-a-sambista-beth-carvalho.htm?cmpid=copiaecola

    Desde que começou a fazer sucesso, na década de 1970, Beth se tornou uma das maiores intérpretes do gênero, frenquentadora assídua do Cacique de Ramos ajudou a revelar nomes como Luiz Carlos da Vila, Jorge Aragão, Mauro Diniz, Arlindo Cruz, Sobrinha, Zeca Pagodinho, Almir Guineto,  e o grupo Fundo de Quintal.

    Seu primeiro sucesso foi Andança, de Edmundo Souto, Paulinho Tapajós e Danilo Caymmi, que ela defendeu no Festival Internacional da Canção, em 1968, e com o qual conseguiu o 3º lugar.   A música também deu título ao seu primeiro LP, que foi lançado em 1969.  Emendou outros sucessos na sua voz, como o hino Vou Festejar, e eternizou Coisinha do Pai.  Gravou Folhas Secas, com Nelson Cavaquinho, e As Rosas Não Falam, de Cartola.

    Mangueirense de coração, foi homenageada por outras escolas de samba.  Em 1984 foi tema de enredo da Unidos do Cabuçú, "Beth Carvalho, a Enamorada do Samba", a agremiação foi campeã  e subiu para o Grupo Especial.   Recebeu da Velha Guarda da Portela uma placa comemorativa por  ter sido a cantora que mais gravou seus compositores.

    Beth Carvalho vinha enfrentando um drama pessoal desde 2010, ela sofreu uma fissura no sacro, um osso localizado na base da coluna vertebral. Devido a esse problema,provocado por uma artrose no fêmur, Beth passou a se apresentar deitada em uma cama, sem poder nem se sentar ou andar.

     

    Em nota, o hospital informou que a causa foi infecção generalizada (sepse).... - Veja mais em https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/04/30/morre-aos-72-anos-a-sambista-beth-carvalho.htm?cmpid=copiaecola
    Em nota, o hospital informou que a causa foi infecção generalizada (sepse).... - Veja mais em https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/04/30/morre-aos-72-anos-a-sambista-beth-carvalho.htm?cmpid=copiaecola
    Em nota, o hospital informou que a causa foi infecção generalizada (sepse).... - Veja mais em https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/04/30/morre-aos-72-anos-a-sambista-beth-carvalho.htm?cmpid=copiaecola
    Em nota, o hospital informou que a causa foi infecção generalizada (sepse).... - Veja mais em https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/04/30/morre-aos-72-anos-a-sambista-beth-carvalho.htm?cmpid=copiaecola

     

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Luiz Carlos Bruno: “Quero voltar a trabalhar para fechar o portão com sabor de dever realizado”

Luiz Carlos Bruno:...

Por Ricardo MaiaFotos: arquivo pessoal A paixão de Luiz Carlos Bruno...

Juarez Carvalho, o Titio das baianas da Tijuca

Juarez Carvalho, o...

Por Ricardo Maia Desde 1999 na Unidos da Tijuca, Juarez Carvalho...

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Ex Panicat Tânia Oliveira posa para o Carnaval e fala sobre ansiedade

Ex Panicat Tânia Oliveira posa para o Carnaval e fala sobre ansiedade

Faltando exatos seis dias para o início do desfile do Carnaval Paulistano, na manh&at...

 

icone instagram

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper