Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

O enredo da Ilha Destaque

Publicado em Artigos
Quarta, 11 Julho 2018 13:57

Por Aloisio Villar

 

No último domingo, a União da Ilha anunciou seu enredo para o Carnaval 2019. O título é "A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu".

Confesso que eu tinha medo do que poderia ser anunciado como enredo por vários motivos. Não vamos tapar o Sol com a peneira, a briga da União da Ilha é na segunda parte da tabela podendo beliscar desfile das campeãs como ocorreu em 2014. Sua briga é com Viradouro, Império Serrano, São Clemente e ainda o Tuiuti.

Todas essas citadas acima se mexeram. Viradouro, que subiu este ano, tendo esse ônus, vem com Paulo Barros; Império vem inovando com a música "O que é o que é", de Gonzaguinha, inovação com a qual não concordo, mas evidentemente que chamará atenção; São Clemente reedita seu samba mais famoso: "E o samba sambou"; e o Tuiuti vem de um excelente vice-campeonato e traz para 2019 a fórmula que deu certo em 2018.

E a Ilha nisso tudo? Procurava patrocínios como me disse o presidente Djalma Falcão. Entendi a procura pelas limitações financeiras da escola, mas sabemos que limitação também é o que um enredo patrocinado causa. Em uma briga em que suas concorrentes ousaram, foram criativas seria perigoso demais vir com um enredo-CEP. A Ilha teve exemplos recentes de fracassos com enredos patrocinados.

Nos últimos dias surgiu o papo sobre o estado do Ceará, até que no domingo anunciaram o enredo e veio o alívio: a direção da escola e o excelente carnavalesco Severo Luzardo foram muito felizes em fugir do lugar comum, do enredo-CEP contando uma história mais profunda, com relevância cultural.

Severo bebeu da fonte de Rosa Magalhães, que nos anos 90 conseguia tirar um quê a mais dos enredos patrocinados. O próprio Severo sempre gostou de enredos culturais. Conheci o carnavalesco em 2004, no Boi da Ilha, e fiz vários sambas sob seus enredos no Acadêmicos do Dendê, com Severo sempre conseguindo desenvolver bem seus projetos, dando relevância a eles e uma coisa importante, conseguindo fazer belos carnavais com pouco dinheiro. Conseguimos ver isso ano passado em sua estreia na Ilha, com "Nzara Ndembu".

A União da Ilha sempre veio bem com dois tipos de enredos. Quando desenvolve enredos de relevância cultural como "Lendas e festas das Iabás", "Confins de Vila Monte", "Fatumbi" e a "Viagem da Pintada Encantada" e com enredos simples e populares como "É hoje", "Festa profana", "O amanhã", "De bar em bar, Didi, um poeta" e o recente sobre brinquedos.

Contar a história do Ceará através de um encontro entre José de Alencar e Raquel de Queiroz é forte, é rico, dá muitas possibilidades no trabalho artístico e na poesia dos compositores.

Os compositores da Ilha são bons, só não têm dado muita sorte nos enredos que a escola escolhe. Ela escolheu um bom agora, está nas mãos deles.

Que as canetas venham fortes.

Twitter - @aloisiovillar

Facebook - Aloisio Villar

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Marcelinho Emoção explica a venda de 13 alas comerciais na Vila

Marcelinho Emoção explica...

Por Ricardo MaiaFoto: Eduardo Hollanda Nos últimos anos, as escolas...

Ciganerey: do Engenho da Rainha para a Estação Primeira

Ciganerey: do Engenho...

Equipe OBatuque.comFotos: Marcelo Moura O nome de batismo é Paulo...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Pelotas tem seu "Dia do Samba"

Pelotas tem seu "Dia do Samba"

A partir desse ano, a cidade gaúcha - Pelotas - passará a comemorar o "D...

 

icone instagram

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper