Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Márcio Alexandre Pinheiro Duarte,o Pelé da Vila Isabel Destaque

Publicado em Grupo Especial
Quinta, 21 Junho 2018 22:50

Por Luis Leite

Fotos: Arquivo pessoal

Márcio Alexandre Pinheiro Duarte, de 46 anos, é advogado, mora no Centro da cidade do Rio de Janeiro, é cria do bairro de Vila Isabel e torcedor da escola de Noel.

A sua vida como ritmista começou na Alegria da Passarela do Salgueiro, em 1987, com mestre Robinho, um dos filhos de Almir Guineto. Conheceu mestre Trambique, da Vila, e se aprimorou com os outros instrumentos.

IMG 20180605 WA0100 2“Minha formação rítmica começou com um repique, com o mestre Robinho, da Alegria da Passarela do Salgueiro, em 1987. Robinho era filho de Almir Guineto, e em 1989 fui apresentado ao mestre Trambique, da Vila Isabel, que fez aprimorar nos demais instrumentos de bateria. Hoje, gosto mais do tarol, mas toco todos os instrumentos de bateria”, explicou Márcio Alexandre.

Com a evolução e a exigências das paradinhas, Márcio salienta não ser a favor das bossas, pois segundo ele, elas atrapalham o desenvolvimento do samba, no entanto aponta a paradinha da Vila, em 2006, nas mãos de mestre Mug, como uma das melhors, quando a escola se sagrou campeã daquele ano: “Avalio as (paradinhas) atuais muito longas e de pouco impacto e contribuição para o samba. Na minha humilde opinião, elas atrapalham o desenvolvimento do samba, a evolução e o espetáculo. Apesar disso, a paradinha que eu gostei aconteceu em 2006, quando fui campeão pela Vila Isabel, tocando centrador microfonado na avenida (surdo de terceira) com mestre Mug à frente da bateria, e tiramos a nota máxima. Por outro lado, destaco como desfile impecável o do mestre Wallan, da Vila Isabel, ano retrasado, em todos os aspectos rítmicos e sonoros”.

IMG 20180605 WA0101Diferentemente de boa parte dos ritmistas que já passaram por diversas escolas, Pinheiro, ao longo de vários carnavais, desfilou em poucas escolas de samba. Uma delas não poderia deixar de ser a sua escola de coração: a Vila Isabel. “Só desfilei pela minha escola de coração, a Unidos de Vila Isabel, mas já desfilei no passado a convite de grandes amigos conquistados no mundo do samba, como por exemplo Caprichosos de Pilares, do mestre Paulo Renato; Tradição, do mestre Dacopê; Arranco, do mestre Pica Pau. Atualmente só desfilo na minha Vila Isabel”, destacou Márcio.
Fã de mestre Mug, Peri, Godô, Mauro Buriti e Vermelho, Márcio faz suas orações para Jesus Cristo abençoar o seus “irmãos” da Vila para que dê tudo certo durante os preparativos que antecedem o desfile na avenida. Para o futuro, Márcio planja dar prosseguimento à sua profissão de advogado, contudo aposta na profissionalização dos ritmistas: “Meus projetos por hora estão fincados na minha profissão de advogado. Porém, entendo que a profissionalização dos ritmistas seja plausível, mediante os exaustivos ensaios de quadra e de rua, dedicação e gastos financeiros. Ao ensejo, encerro saudando todas as baterias de escolas de samba e aproveito a oportunidade para agradecer por este espaço, para expor nossas ideias no âmbito das baterias de escola de samba”.

Última modificação em Sexta, 22 Junho 2018 21:53

Itens relacionados (por tag)

  • Maiara e Maraísa fazem show na quadra da Beija-Flor nesta sexta

    Por Luis Leite

    A Beija-Flor de Nilópolis recebe um grande show nesta sexta-feira, dia 21 de setembro, a partir das 22h. Maiara e Maraísa colocarão a Baixada Fluminense pra dançar ao som de seus maiores sucessos. O evento terá ainda as participações do grupo Styllo-X e dos DJ´s Anderson França e Ronaldo.

    A entrada para a Pista custa R$ 40, a Pista Vip sai a R$ 80 e o camarote tem o ingresso individual vendido a R$ 100. As entradas podem ser compradas na quadra da Beija-Flor, nas lojas South, na sorveteria Recantus e na farmácia Extrato Vegetal. Mais informações no telefone: (21) 3743-0340. A quadra da Deusa da Passarela fica na rua Pracinha Wallace Pases Leme, 1025, em Nilópolis.

  • Antônio Telles, o Toni do Agogô

    Por Luis Leite

    Fotos: Arquivo pessoal

    Antônio Carlos dos Santos Telles, o Toni do Agogô, tem 53 anos e mora em Rocha Miranda. Toni nasceu no Rio de Janeiro, morou em Irajá e com 38 anos mudou para Rocha Miranda.  

    Segundo ele, a escola do coração é a Portela, pois apesar das decepções, não tem como tirar esse sentimento do seu peito. Sua percepção, toca agogô desde os anos 70. Começou a tocar com 6 anos de idade, pois é filho do Edgard do Agogô. Hoje ele toca agogô, cuíca e já tocou caixa por 2 anos no Império Serrano. O seu primeiro instrumento foi agogô, por isso este instrumento é sua paixão.

    De acordo com Toni do Agogô, as paradinhas e bossas atuais são excelentes e na maioria muito bem aplicadas e ajudam no crescimento do samba e mexe muito com o público, que passa a prestar muito mais atenção.

    Antônio desfilou como ritmistas no Império Serrano, na Portela, Grande Rio, Acadêmicos do Salgueiro, União da Ilha, Caprichosos de Pilares, Tradição, Porto da Pedra etc., inclusive na Tradição é um dos fundadores e por lá desfilou em 1984.  No primeiro ano, ensaiava no Clube Marabu, ali na Clarimundo de Melo.   

    Atualmente, Toni desfila no Paraíso do Tuiuti desde 2014. O desfile que mais gostou, de acordo com ele, foi na Tuiuti, em 2016. Foi impecável. Toda a escola se preocupou com os detalhes. Antes da largada, Toni pede licença ao seu pai Oxalá e ao seu pai Ogum.

    IMG 20180817 230847978 LLFalando da formação de uma bateria se mestre ele fosse, Toni formaria os ritmistas da seguinte forma: marcação de lados opostos não em fileira, primeiras do lado esquerdo e segundas do lado direito e os surdos de terceira no meio com repique e caixas fazendo a verdadeira cozinha. Trazendo de 290 a 300 ritmistas.   

    Para ele, o mestre Ricardinho é um dos que mais admira, pois ele é o que melhor administra pessoas e passa muita confiança, além de tratar muito bem os seus colaboradores, em segundo o mestre Rodnei, da Beija Flor.

    IMG 20151101 222252374No agogô, Antônio é fã de o Tadeu, até por se tratar de um grande amigo de mais de 30 anos, e seu filho Vitor Telles. Vitor tem ótima percepção musical e cria bossas para o instrumento como poucos.

  • Acadêmicos do Cubango escolhe samba-enredo para o Carnaval 2019

    Por Luis Leite

    Fotos: Felipe Araujo

    A Acadêmicos do Cubango já tem samba-enredo para o Carnaval 2019. Na madrugada deste domingo, dia 26 de agosto, a verde e branca de Niterói consagrou a composição de  Robson Ramos, Sardinha, Duda Tonon, Anderson Lemos, Ailtinho, Sérgio Careca, Carlão do Caranguejo e Samir Trindade. Outras duas obras disputaram a final que contou com um ótimo público no Santuário do Samba. A rainha de bateria, Maryanne Hipolito, também foi coroada ao longo da festa.DSC 1310A reação da comunidade após a o anúncio do presidente Rogério Belisário, por volta das cinco da manhã, foi muito positiva.  A Acadêmicos do Cubango será a sexta escola a desfilar no sábado de Carnaval, pela Série A com o enredo ''Igbá Cubango - a alma das coisas e a arte dos milagres''.  O desfile será desenvolvido pelos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora, além de pesquisado por Vinicius Natal.
                                                                                                                                                                                                                                                   

    Confira a letra do samba:


    VOU BUSCAR PRA MIM A FORÇA DO SEU AXÉ
    MENINO BABALOTIM NO SAGRADO AFOXÉ
    AOS PÉ DO MORRO FIZ O MEU TERREIRO
    ONDE O PADROEIRO ME PROTEGE EM SEU ALTAR
    ATOTO EU BATO CABEÇA PRA OMULU
    NESSE CHÃO TEM PIPOCA PRO SANTO
    OFERENDAS DO MEU MUNDO VERDE E BRANCO
     
    E SARUÊ BAIANA, Ê SARUÊ BAIANA
    GIRA LAGUIDIBÁ, GIRAM SAIAS E GUIAS
    CARREGA MEU PATUÁ EM SUA SABEDORIA
     
    BÚZIOS, CARRANCAS E BALANGANDÃS
    RELÍQUIAS ILUMINAM MEU CAMINHO
    AO MEU "PADIM", EU AMARRO A MINHA FÉ
    A CRUZ NO PEITO PRA ME ABENÇOAR
    JÁ FIZ PROMESSA, O MILAGRE VAI CHEGAR
    EM ROMARIA EU AGRADECI
    DESACREDITADO, ACREDITEI
    A CURA DA ALMA, O TERÇO NA MÃO
    UM CORAÇÃO BORDADO AO DIVINO REI
    SENHOR, TEM PIEDADE DE NÓS
    EIS A ORAÇÃO EM NOSSA VOZ
    TEM GENTE VENDENDO AO POVO ILUSÃO
    ACENDO VELA, PEÇO SALVAÇÃO
     
    KO SI OBA KAN ÔÔÔÔ
    OFI OLORUM ÔÔÔÔ
    IGBA CUBANGO, MEU AMULETO
    PROTEÇÃO E AMOR

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Marcelinho Emoção explica a venda de 13 alas comerciais na Vila

Marcelinho Emoção explica...

Por Ricardo MaiaFoto: Eduardo Hollanda Nos últimos anos, as escolas...

Ciganerey: do Engenho da Rainha para a Estação Primeira

Ciganerey: do Engenho...

Equipe OBatuque.comFotos: Marcelo Moura O nome de batismo é Paulo...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Tucuruvi anuncia André Oliveira como coreógrafo da Comissão de Frente

Tucuruvi anuncia André Oliveira como coreógrafo da Comissão de Frente

Foto: Renato Cipriano A escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi, do Grupo Especial do carn...

 

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper