Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Sambista Dona Ivone Lara morre aos 97 anos Destaque

Publicado em Grupo Especial
Terça, 17 Abril 2018 08:29
Sambista Dona Ivone Lara morre aos 97 anos Foto:Luis Leite

Dona Ivone Lara faleceu aos 97 anos desta segunda-feira (16), Por conta de um quadro de insuficiência cardiorrespiratória.     A cantora e compositora estava internada desde sexta-feira (13),data em que completou 97anos, no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva da Coordenação de Emergência Regional, no Leblon.  

O estado de saúde de Dona Ivone Lara já era considerado bastante grave e ela precisou receber doações de sangue, pois estava apresentando um quadro de anemia.   A Sambista lutava contra uma infecção renal, com complicações causadas pela idade. Ela já havia sido internada na mesma unidade de saúde em agosto do ano passado.

O corpo da Grande Dama do Samba será velado nesta terça-feira (17) na quadra da escola de samba Imperio Serrano, em Madureira.   O sepultamento está marcado para a tarde, no cemitério de Inhaúma.

Legado para o samba
Yvonne Lara da Costa nasceu em 13 de abril de 1921na Rua Voluntários da Pátria, em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro. A Rainha do Samba é autora de sucessos como Sonho Meu, feita em parceria com Décio Carvalho. O disco Sambão 70 foi o primeiro gravado por ela, em 1970, quando ela tinha 49 anos. Depois deste vieram outros 18 álbuns de sucesso.

As músicas dela foram interpretadas por grandes nomes da música brasileira, como Maria Bethânia, Elba Ramalho, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila e Arlindo Cruz. A sambista também teve trabalhos como atriz, fazendo filmes, e foi a Tia Nastácia em especiais do programa Sítio do Pica-Pau Amarelo.

Dona Ivone Lara percorreu com seu samba por países na África, Europa na América Latina. Em 2012 foi homenageada pela escola de samba Império Serrano. O tema "Dona Ivone Lara: O enredo do meu samba" contou a história de sucesso da compositora. Em 2015, entrou para a lista 10 Grandes Mulheres que Marcaram a História do Rio.
 
O maior parceiro foi Délcio Carvalho, com quem criou, entre muitos sambas, "Sonho meu", ''Alguém me avisou'', "Acreditar", ''Sorriso de criança'', ''Sorriso negro'', "Minha verdade" e "Em cada canto uma esperança". Ele era 18 anos mais jovem e morreu em 2013. Em rodas de samba cariocas, composições como "Tiê" e "Mas quem disse que eu te esqueço", esta com Hermínio Bello de Carvalho, sempre são lembradas.

Primeira mulher a ganhar uma disputa de samba-enredo numa escola de samba no Rio, em 1965 - "Os cinco bailes da história do Rio" (com Silas de Oliveira e Bacalhau) -, ela era filha de músicos e ligados ao carnaval. Era prima de Mestre Fuleiro, um dos fundadores do Império Serrano, sua escola.

Foto Luis Leite 97Ivone, formada enfermeira e auxiliar da pioneira psiquiatra Nise da Silveira, nasceu bem antes da agremiação - era de 1921; o Império, de 1947. Ela compôs sambas ainda para o Prazer de Serrinha, escola do qual o Império viria a ser uma dissidência. A Verde-e-branco do bairro de Madureira, na zona norte do Rio, lhe fez um desfile-tributo em 2012.


    

    
 
 
     

Última modificação em Terça, 17 Abril 2018 10:51

Itens relacionados (por tag)

  • Tradição divulga enredo e resultado do concurso de samba de quadra

    A Tradição já tem seu enredo para o Carnaval 2019. No último sábado, dia 16, a presidente Raphaela Nascimento divulgou o tema que a azul e branco levará à Intendente Magalhães: "Gira, baiana. Salve as mães do samba!, que será desenvolvido pela comissão de carnaval formada por Samuel Gasman, Adenil Silva, Livinha Pessoa, Leandro Valente e Maurício Silva. Antes da divulgação, foi apresentado um vídeo explicando a narrativa do enredo, que terá sua sinopse divulgada em 28 de agosto.
    A tarde foi animada pelo grupo Jet Samba Black, que apresentou vários sucessos no Cozido da Tradição. Após o show, os diretores da ala de compositores, José Lima e Alex Araújo, convidaram os jurados do concurso de samba de quadra para que sentassem à mesa: Igor Leal, Enzo Belmonte, Rhodrigo Nascimento, Celino Dias, Livinha Pessoa e Marquinhos Silva. Cada parceria, em apresentação feita após sorteio da ordem, pôde mostrar sua composição com duas passadas sem bateria e três com a Explosão de Elite, sob o comando de mestre Beto Peçanha.
    O resultado foi divulgado após as apresentações. O primeiro lugar ficou com a parceria dos compositores Bruno Serrinho, Guto Listo e Rodrigo Medeiros; em segundo, a parceria de Marcio de Deus, William do Salão e Jorginho Moreira; e em terceiro, a parceria de Meri de Liz, Simone Lyns e Claudinho DVD.

  • Luis Claudio Tavares, o Tio Luis do tamborim

    Por Luis Leite

    Fotos: Arquivo pessoal

    Luis Claudio Tavares começou a tocar tamborim em 1994, no Arranco do Engenho de Dentro. Portelense de coração, Luis divide a vida de ritmista trabalhando como motorista de Uber. Aos 55 anos, ele já desfilou por diversas escolas de samba e foi diretor de tamborim na Caprichosos de Pilares, onde permaneceu por 6 anos. Hoje, desfila somente pela Portela.

    Além do tamborim, Luis Claudio toca caixa e surdo de marcação. Como referência, ele idolatra o saudoso mestre Marçal; tem o Dinamite como um dos melhores diretores de tamborim da Portela, nos anos 90; e Thalita Santos Souza como um dos melhores ritmistas de tamborim.

    image3Ao longo dos anos Luis participou de diversos desfiles e de diversas bossas, no entanto aponta o desfile da Beija-Flor, em 1998, como o desfile impecável, e a paradinha da Império de Tijuca, em 2010, como a melhor que ele participou. Mesmo assim, Luis acredita que as ousadias atrapalham as baterias, todavia admira seus criadores: “Hoje em dia com a evolução natural do samba, elas fazem parte da bateria. Às vezes, acho que são muito rebuscadas demais, atrapalhando o andamento da bateria, ora retornando abaixo, ora voltando acima, mas admiro seus criadores”.

    Com vasta experiência no currículo, Tavares trabalha como instrutor do projeto Tamborim Sensação. Tocar e ensinar o instrumento é a sua arte, como ele mesmo diz. Luiz ressalta também a nova geração de ritmistas e se considera satisfeito com a perpetuação do tamborim. “Comecei lá atrás sem muitas pretensão. Ótima experiência. Hoje temos uma garotada muito boa por aí, e fico feliz que esse instrumento, que é um pouco chato de tocar, não acabará”.

  • Doze parcerias participarão do concurso de samba de quadra neste sábado na Tradição

    Tradição: doze parcerias participarão do concurso de samba de quadra no sábado, dia 16

    A Tradição recebeu na última quinta-feira, dia 7 de junho, a inscrição de 12 parcerias em seu concurso de samba de quadra. Os compositores se apresentarão no concurso no próximo sábado, dia 16 de junho, a partir das 13 horas, no Cozido da Tradição, com show do grupo Jet Samba Black, tocando todos os ritmos.
    A ordem de apresentação das parcerias será feita em sorteio, no mesmo dia, com um representante de cada parceria. Os três primeiros colocados serão contemplados com premiação. Na ocasião, a presidente Raphaela Nascimento irá divulgar novidades para o Carnaval 2019.
    Confira abaixo a inscrição das parcerias:

    PARCERIA 01
    - Márcio de Deus
    - Jorginho Moreira
    - William do Salão

    PARCERIA 02
    - Meri de Liz
    - Claudinho DVD
    - Simone Lyns

    PARCERIA 03
    - Felipe Quirino
    - Marlon Assumpção
    - Uenderson Soneca

    PARCERIA 04
    - Aurélio Tradição
    - Robinho
    - Adelmo do Cavaco

    PARCERIA 05
    - Joseth Rodrigues
    - Pry Napolitano
    - Jurema Matos

    PARCERIA 06
    - Santos Melodia
    - Braz Silva
    - Mário Flor

    PARCERIA 07
    - Betto Moura
    - Pestana
    - Paulo Bispo

    PARCERIA 08
    - Bruno Serrinho
    - Rodrigo Medeiros
    - Guto Listo

    PARCERIA 09
    - Rodrigo Rosado
    - Cleber Junior

    PARCERIA 10
    - Paulinho Direito
    - Vini Lima
    - Elma

    PARCERIA 11
    - Dedé Aguiar
    - Claudinho Melodia
    - Riccio

    PARCERIA 12
    - Guaracy Lenda Viva
    - Luizinho Dú Kavaco
    - Sheila Marques

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Marcelinho Emoção explica a venda de 13 alas comerciais na Vila

Marcelinho Emoção explica...

Por Ricardo MaiaFoto: Eduardo Hollanda Nos últimos anos, as escolas...

Ciganerey: do Engenho da Rainha para a Estação Primeira

Ciganerey: do Engenho...

Equipe OBatuque.comFotos: Marcelo Moura O nome de batismo é Paulo...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Tucuruvi anuncia André Oliveira como coreógrafo da Comissão de Frente

Tucuruvi anuncia André Oliveira como coreógrafo da Comissão de Frente

Foto: Renato Cipriano A escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi, do Grupo Especial do carn...

 

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper