Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

União entre as escolas faz sucesso no carnaval de Corumbá Destaque

Publicado em Artigos
Quarta, 04 Abril 2018 15:26

Autoridades da cidade querem antecipar verba para o próximo ano

Por Wander Timbalada
Foto: divulgação

É com muita alegria, orgulho e emoção que, dias após o carnaval de Corumbá 2018, vou externar a minha opinião e considerações sobre tudo que foi realizado pela Liga das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco). A prefeitura, por meio do prefeito Marcelo Iunes e pelo presidente da Casa de Cultura, Luiz Mário Cambará, e toda sua equipe da Fundação de Cultura fizeram, sem sombra de dúvidas, um excelente trabalho no carnaval de Corumbá MS. Que foi um dos melhores de todos os tempos, isso dado o nível em que todas as escolas de samba chegaram.

Vi uma mudança radical na organização pré-carnavalesca, razão pela qual tornou o espetáculo muito mais competitivo. Tudo me leva a crer que essa organização evolutiva das escolas de samba de Corumbá se deu pela junção delas em um único grupo. O presidente da Liesco, José Martinez Neiva, demonstrou toda a sua satisfação, alegria e orgulho ao ver as escolas unificadas rumo a um único objetivo: fazer um grande espetáculo no carnaval de Corumbá.

A união dessas escolas em um único grupo equilibrou o nível em um só patamar. A subvenção foi igual para todas, e na verdade, a escola que trabalhou mais e errou menos foi a vitoriosa. Um fato marcante desse carnaval foi a implantação dos jurados online, ou seja, câmeras filmando de ponta a ponta todas as alas, todos os carros e alegorias da escola no desfile, localizando todos aqueles erros que às vezes passavam despercebidos pelos jurados e pelos fiscais de pista. Tudo aquilo que se tinha dúvidas nos anos anteriores foi comprovado e esclarecido.

Neste ano, a outra evolução que ficou notória neste carnaval foi a melhoria das baterias. Os mestres optaram muito mais em conduzi-las diante do desfile, ao invés de fazer várias paradinhas, convenções e coreografias, que são realmente um perigo para o andamento do samba-enredo, pois a retomada pode sair do tempo, atrasar ou adiantar a levada do samba, comprometendo os trabalhos do intérprete, da evolução e da harmonia.

João Vitor, mestre de bateria da escola de samba A Pesada, foi um dos que realizou esse trabalho com maestria e foi recompensado e agraciado com o Prêmio Esplendor do Samba, que ao meu ver foi umas das premiações mais assertivas do carnaval deste ano. Fica notório que os ensinamentos deixados na Terra por outros profissionais, tal como o mestre Felipe, que ministrou uma oficina de bateria de escola de samba anos atrás, ainda se propagaram na Vila Mamona, escola onde ele desfilou à frente da bateria, e hoje o mestre Diego, que foi um dos alunos de Felipe, na Mocidade de Nova Corumbá, faz uso desses ensinamentos e mais outros que ele foi buscar no Rio de Janeiro

Outro fato marcante nesse processo de evolução é que os mestres estão promovendo outros mestres dentro do grupos de ritmistas das suas agremiações, encaminhando-os para as coirmãs e lhes dando todo o suporte para esse trabalho. Para mim, é realmente maravilhoso, pois é uma partilha que só está fazendo com que esse trabalho evolua cada vez mais na cidade.

Os intérpretes locais e os de fora fizeram um grande trabalho de voz nas escolas. Destaco o trabalho realizado pelos músicos da cidade e os que vieram de outras regiões, deixando bem claro que Corumbá está realmente no caminho certo em nível de profissionalização. Apesar de tudo, alguns quesitos ainda estão aquém da realidade do carnaval de grandes cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Uruguaiana etc... A harmonia que impõe a saída e entrada da escola na avenida, pôde-se notar que havia vários problemas nesse quesito em várias escolas.

Outro fator preocupante é a situação do material que é confeccionado: os costeiros ou chapéus, algumas partes das fantasias que são confeccionadas com papelão, e isso nos deu um susto tremendo, haja vista que a chuva atingiu alguns desfiles de algumas escolas de samba. A solução seria buscar materiais alternativos para que a chuva não seja o terror que apavora todos os carnavalescos e todos os presidentes... Existem materiais que protegem as fantasias contra a chuva e preserva a plástica do desfile.

A inclusão do microfone sem fio seria determinante para que o espetáculo crie uma relação mais próxima do intérprete com o público. Isso permitirá aos cantores uma melhor interação com esse público.

Vejo o carnaval de Corumbá preso às dimensões das alegorias das escolas de samba, em função da largura da avenida que não permite que as agremiações elaborem carros maiores. Vejo que esse problema seria resolvido com a construção de um sambódromo, que daria condições para esse crescimento na dimensão desse espetáculo. Essa talvez seja uma ideia para ser pensada mais à frente pelo prefeito, porém acho muito importante, já que será um fato marcante na evolução do carnaval de Corumbá, sobretudo em sua gestão.

A implantação da figura do diretor de carnaval, que teria ingerência sobre todo o projeto nas agremiações, configurando, enquadrando... uma espécie de “gestor de carnaval”, ao meu ver seria o elemento final para as escolas de samba se tornarem ainda mais conclusivas e em “empresas carnavalescas”, especialmente se levar em consideração a visão empresarial de Zezinho Martinez, que ativou laços de união, esperança e realização com a criação desse grupo único.

IMG 20180405 WA0051

Da esquerda para a direita: o ex-presidente da Fundação de Cultura, Luiz Mário Cambará; o prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes; e o presidente da Liesco, José Martinez Neiva

Um dos responsáveis pelo êxito desse carnaval foi o prefeito Marcelo Iunes, que deu continuidade ao trabalho realizado pelo saudoso ex-prefeito Ruiter Cunha de Oliveira. Marcelo desenvolveu um trabalho qualificado, atendendo a todas as expectativas e dificuldades existentes nas escolas de samba de Corumbá, nos blocos, nos ranchos, nas pastorinhas, nos blocos de palhaços etc.

Marcelo apostou no empenho da Prefeitura, de todos os segmento uma forma geral, para que o carnaval corumbaense tivesse êxito. Para ele, tudo começou no fim do ano passado, em Porto Geral: “O carnaval de Corumbá, mesmo numa crise pela qual o país está passando e com muita gente torcendo contra, foi um sucesso. Esse sucesso se deve ao empenho da Prefeitura, de todo o secretariado e servidores. Nossos funcionários se empenharam em fazer um grande carnaval. O objetivo de todos foi fazer uma festa para o povo de Corumbá, com a qualidade merecida por ele. O êxito começou em dezembro, com a roda de samba de final de ano no Porto Geral. Demos sequência em janeiro, realizando rodas de samba todos os sábados. Levamos a divulgação para Campo Grande, onde demos um show com a apresentação do nosso carnaval. O resultado foi esse que vimos nas noites de folia, com mais de 30% de turistas aqui em Corumbá”.

O prefeito ressaltou ainda que a movimentação financeira na cidade, durante a festa de Momo, favoreceu os rendimentos nos setores formal e informal da economia corumbaense. “Esses 10 milhões de reais de movimento apresentados pela nossa pesquisa, eu tenho certeza de que se trata da parte formal da economia, mas, o segmento informal também ganhou. As pessoas que trabalhavam como ambulantes, por exemplo, vendendo cerveja, espetinho, refrigerante, cachorro-quente, pessoas que mais precisavam, também ganharam uma renda extra. Calculo que filão movimentou mais de 5 milhões de reais”, observou.

IMG 20180405 WA0009Marcelo reconheceu o apoio do governo do estado. Em sua avaliação, essa parceria foi essencial para o êxito dos festejos carnavalescos na cidade. Ele agradeceu o governador Reinaldo Azambuja que foi um grande parceiro. Além disso, Azambuja disponibilizou R$ 600 mil para os shows dos grupos Revelação e Axé Blond. Fez também um convênio para pagamentos das baterias das duas escolas de samba, uma do Rio de Janeiro e outra de São Paulo, que se apresentaram em Corumbá. O governador, conforme informou Marcelo, ajudou os blocos e as escolas de samba e ainda colocou à disposição da cidade de Corumbá, cerca de 100 militares da Polícia Militar para a segurança da festa.

De acordo com o prefeito, todas as entidades carnavalescas podem contar com um apoio efetivo da prefeitura de Corumbá. A intenção é constriuir um barracão para todas as agremiações e realizar os repasses para elas a partir de setembro, para aumenta a possibilidade de as escolas terem condições de buscar os seus recursos materiais com antecedência.

Um evento com um dos ícones do carnaval brasileiro, o Dominguinhos do Estácio, previsto para o dia 8 de abril, já está sendo divulgado. Com isso, José Martinez e todas as escolas de Corumbá estão dando o pontapé inicial para as atividades angariaram fundos para o Carnaval 2019.

IMG 20180405 WA0010Parabéns, Zezinho Martinez! Parabéns a todos os presidentes das escolas de samba! Parabéns, Marcelo Iunes e todos os sambistas desta cidade! Seja bem-vindo Joilson Silva da Cruz (foto), novo secretário de Cultura.

Maravilha! Que lindo!

Última modificação em Quinta, 05 Abril 2018 14:56

4 comentários

  • Kátia Torres
    Link do comentário postado por Kátia Torres
    Sábado, 07 Abril 2018 22:27

    Fico feliz pela iniciativa e pelo trabalho realizado em Corumbá.
    Bela matéria Timbalada. Parabéns!
    Sucesso!
    Bj grande!
    "Que lindo"

  • Alberto majestade
    Link do comentário postado por Alberto majestade
    Sexta, 06 Abril 2018 12:09

    Parabéns a Corumbá e duas autoridades na valorização do carnaval e do samba da cidade parabéns sambistas de Corumbá parabéns liesco através do presidente Zezinho Martines e só gde Vander timbalada pela sua visão de carnaval vc citou muito bem os pontos falhos que tinha w ser visto e serão agorsrealizados para o sucesso do carnaval de Corumbá eu digo a tdos de Corumbá que lida com a s escols de sambas e do carnaval de Corumbá a régua e o compaco foi dado e está na mãos de vocês o desenho quem fará serão vocês para ter sucesso e valorizações que vocês merecem ter

  • Alberto majesyade
    Link do comentário postado por Alberto majesyade
    Quinta, 05 Abril 2018 22:42

    Amigo Vander timbaldada parabéns agora eu acredito que o carnaval de Corumbá seguirá pelo caminho certo sabe pqe? Voce deu a régua e o compacto agora o desenho tem de ser feito por eles como acredito que faça parabéns sucesso Corumbá

  • Montebello
    Link do comentário postado por Montebello
    Quinta, 05 Abril 2018 22:33

    Muito bom meu amigo irmao, adorei o artigo, vc como srmlre um dos melhores.

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Marcelinho Emoção explica a venda de 13 alas comerciais na Vila

Marcelinho Emoção explica...

Por Ricardo MaiaFoto: Eduardo Hollanda Nos últimos anos, as escolas...

Ciganerey: do Engenho da Rainha para a Estação Primeira

Ciganerey: do Engenho...

Equipe OBatuque.comFotos: Marcelo Moura O nome de batismo é Paulo...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

 

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper