Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Escola de Mestre-Sala e Porta-Bandeira volta às aulas em maio em novo local Destaque

Publicado em Grupo Especial
Terça, 03 Abril 2018 22:05
Escola de Mestre-Sala e Porta-Bandeira volta às aulas em maio em novo local Divulgação

As aulas passam a acontecer no Centro de Artes Calouste Gulbenkian

A Escola de Mestre-Sala e Porta-Bandeira Manoel Dionísio retorna com as suas atividades no primeiro sábado de maio, dia 05, a partir das 13h, no Centro de Artes Calouste Gulbenkian, na Praça XI, próximo ao Sambódromo. A parceria foi realizada na tarde desta terça-feira, 03, através da Secretária de Cultura Nilcemar Nogueira.

Instrutores, membros da diretoria e até alguns alunos participaram do momento: "Trouxemos três casais para uma apresentação à nossa secretária. Estamos muito felizes com essa conquista e ansiosos para retomar as aulas no novo espaço", declarou Manoel Dionísio, fundador e presidente da Escola, que há 27 anos forma bailarinos na tradicional arte do carnaval.

Os horários das aulas continuarão os mesmos: das 13h às 18h, todos os sábados. O Centro de Artes Calouste Gulbenkian fica na Rua Benedito Hipólito, 125, Praça Onze – Centro do Rio. As inscrições de novos alunos acontecerão somente nos dias das aulas. E para isso é necessário levar um documento de identidade, duas fotos 3x4 e o valor de R$50 para a compra de duas camisas do uniforme. Para menores de idade, também é preciso que o responsável leve o comprovante de matrícula da escola regular. As aulas são gratuitas.

Itens relacionados (por tag)

  • Paulo Pereira dos Santos,popularmente Capilé

    Por Luis Leite

    Fotos: Marcelo Moura

    Paulo Pereira dos Santos, conhecido popularmente como Capilé, começou, ainda criança, frequentado os ensaios na quadra da Unidos de São Carlos (Estácio de Sá), onde aprendeu a batucar e a adotou a como escola de coração. Muitas vezes fugia de casa pra ir ao samba, ele era fascinado pelo ritmo. Nascido na Praça da Bandeira, se criou no bairro do Estácio. Com 54 anos, Capilé mora em Itaguaí, no Rio de Janeiro e não desfila mais, segundo ele, por ser evangélico.

    OBatuque.com - Quando começou a perceber o dom de tocar um instrumento de escola de samba?
    Capilé - Percebi o dom de tocar um instrumento quando eu tinha 12 anos de idade na escola de samba Unidos de São Carlos, hoje Estácio de Sá. Minha formação rítmica foi repique, caixa de guerra até chegar na marcação de terceira no qual eu me identifico.

    OBatuque.com - Como você avalia as bossas e as paradinhas atuais? Elas atrapalham ou ajudam, na sua opinião?
    Capilé - No meu tempo, quando comecei na Unidos de São Carlos, em 1979, como ritmista, não fazíamos paradinha, particularmente não sou fã, mas infelizmente hoje obrigam a  fazê-la.

    Foto de Marcelo Moura 16

    OBatuque.com - Por quais escolas de samba você desfilou como ritmista?
    Capilé - Na Estácio de Sá, desfilei de 1979 até 1995, entre outras: Salgueiro, Vila Isabel Mangueira, Unido da Tijuca Império da Tijuca, Caprichosos de Pilares, Acadêmicos do Engenho da Rainha e da escola de samba de Belém do Pará onde eu fui diretor de bateria por dois anos.

    OBatuque.com - Atualmente qual a agremiação você desfila como ritmista?
    Capilé - Hoje, não desfilo mais em nenhuma agremiação, sou evangélico pastor da igreja Assembléia de Deus.

    OBatuque.com - Desses, qual foi o desfile impecável da bateria?
    Capilé - Foi no ano de 1979, quando desfilei pela primeira vez na Unidos de São Carlos, onde tive o privilégio juntos com demais ritmistas conquistar o Estandarte de Ouro.

    OBatuque.com - Qual foi a paradinha que você mais gostou de todas as que você participou?
    Capilé - A paradinha que eu gostei e participei foi do ano 1987: "O ti-ti-ti do sapoti" e "O boi dá bode", do ano 1988, com os mestres Ricardo e Osório.

    Foto de Marcelo Moura 24Foto de Marcelo Moura 8
    OBatuque.com - Um carnaval inesquecível?
    Capilé - Meu carnaval inesquecível foram todos, exceto o ano de 1992, pois não desfilei por motivos pessoais.

    OBatuque.com - Se você fosse mestre, qual seria a formação ideal para sua bateria?
    Capilé - Vinte e quatro chocalhos, 20 cuícas, dez surdos de marcação primeira, 14 surdos de marcação de segunda, 12 centradores, 110 caixas de guerra e 60 repiques.

    OBatuque.com - Um mestre de bateria?
    Capilé - São vários mestres. Os saudosos mestres:  Hélio Macadame, Darcy Cardoso, Nelson Galinha, Adílson e o Boi Pequeno, que era ritmista centrador, além de ter sido o meu professor de marcação no qual eu me espelhei, foi um dos melhores tocador de surdo de terceira da Unidos de São Carlos que eu já vi até hoje.  Não podia esquece também dos meus amigos Ciça e Esteves.   

    OBatuque.com - Um ritmista que você admira?
    Capilé - O saudoso Gordo, Marcelo BB, Sulapa, Treme -Treme, Peralta, Pinho e o ritmista que eu admiro, Leonel repique de ouro da Estácio.

    OBatuque.com - Projetos para o futuro em relação à profissão de ritmistas?
    Capilé - Palestrar meus conhecimentos adquiridos na bateria da Estácio de Sá.

  • Arrastão de Cascadura realiza final de samba enredo nesta sexta

    Por Luis Leite

    O Arrastão de Cascadura realiza nesta sexta-feira(23), a partir das 21h, em sua quadra de ensaios,a grande final de samba-enredo para o Carnaval 2019.

    Segue abaixo a lista dos sambas finalistas

    Samba 1: Marquinho Silva / Marcio de Deus / Orlando Ambrosio / Renan Diniz / Richard Valencia / Wallace Oliveira / Serginho Rocco / Tinga / Diego Nicolau / Lico Monteiro e Igor Vianna

    Samba 2: Paulinho Direito e Carlos Moreira

    Samba 3 :  Bachini / J. Giovani / Herbinho Mocidade / Vanir / Adilson Bambú/ Piririco e  Gambê

    Samba 4: Jorginho Moreira / Odimar do Banjo / Flávio Back / Tim do Táxi / Madalena / Luiz Carlos e Kabeça do Táxi

     

    A entrada para o evento é gratuita e o endereço da quadra é Rua Caetano da Silva, 700, Cascadura

    O G.R.E.S. Arrastão de Cascadura, desfilará pela série E, no dia 09/03/2019, com o enredo "Casca D'ouro", que está sendo desenvolvido pelo Carnavalesco Sandro Gomes.

     

     

  • Kamila Reis é coroada rainha de bateria da Unidos do Porto da Pedra

    Por Luis Leite

    Fotos: Diego Mendes e Irapuã Jeferson/Divulgação

    Na tarde do último sábado(10), foi de muita emoção para a modelo Kamila Reis. Ela foi coroada Rainha de Bateria da escola de samba Unidos do Porto da Pedra,o evento aconteceu na quadra da agremiação em São Gonçalo, Rio de Janeiro.

    O ator Antônio Pitanga, que terá sua história contada pela agremiação na Marquês de Sapucaí em 2019, prestigiou a festa de coração da dançarina e modelo Kamila Reis como nova soberana dos ritmistas da vermelho e branco.

    - Kamila é inteligente e tem muita cultura. Além de beleza, tem uma bagagem de vida. Nascida em São Gonçalo, é autêntica e é merecedora do posto de rainha de bateria – declarou.

    04 mestre pablo pitanga kamila

    A festa na Porto teve a presença do presidente da agremiação Fábio Montibelo; de Marcelo Calil, presidente de honra da Viradouro; de Marcelinho Calil, presidente da vermelho e branco de Niterói; de Renato Thor, presidente da Paraíso do Tuiuti e da Lierj, liga que representa as escolas da Série A; e do comentarista Milton Cunha, que apresentou as atrações. Rainhas de bateria como Bianca Reis (Portela), Carol Marins (Tuiuti), e Theba Pitylla, musa da escola paulistana Império da Casa Verde, foram algumas das beldades presentes.

    08 marcelinho calil kamila marcelo calil

    06 bianca carol theba milton e kamila

    Também estiveram no evento amigos de infância e parentes na nova rainha. No palco, Kamila apresentou um número que mistura dança do ventre e samba, e que é sucesso  nos shows apresentações em Dubai, cidade dos Emirados Árabe onde vive e trabalha há nove anos.

    Kamila foi coroada pela mãe, Zelina Reis, e recebeu a faixa das mãos de Maria Laura, primeira dama da agremiação. A convite da rainha, crianças do projeto Filhos de Baobá, do Morro da Penha, em Niterói, também se apresentaram dançando com a nova soberana da bateria Ritmo Feroz.

    03 kamila maria laura primeira dama

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Marcelinho Emoção explica a venda de 13 alas comerciais na Vila

Marcelinho Emoção explica...

Por Ricardo MaiaFoto: Eduardo Hollanda Nos últimos anos, as escolas...

Ciganerey: do Engenho da Rainha para a Estação Primeira

Ciganerey: do Engenho...

Equipe OBatuque.comFotos: Marcelo Moura O nome de batismo é Paulo...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Pelotas tem seu "Dia do Samba"

Pelotas tem seu "Dia do Samba"

A partir desse ano, a cidade gaúcha - Pelotas - passará a comemorar o "D...

 

icone instagram

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper