Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Maiara Amancio, um nome que já diz tudo: amor à família, à educação, aos alunos, ao samba e à Grande Rio Destaque

Publicado em As Maxetes
Quarta, 07 Março 2018 11:06

Por Max Kindler

Fotos: Vander Gevu

Acabou o Carnaval 2018, mas a coluna “As Maxetes” está de volta pensando em 2019. Nesta edição, conheça um pouco da segunda colocada no concurso Musa OBatuque.com 2018: a professora e pedagoga Maiara Amancio.

OBatuque.com - Quem é Maiara Amancio?
Maiara Amancio - Uma mulher que tenta sempre ensinar, mas que a cada dia aprende mais com a vida e com as pessoas que me cercam. Uma pessoa que luta por seus objetivos; que trabalha muito para alcançá-los e que espera realizá-los.

OBatuque.com – Como é o seu relacionamento com seus familiares?
Maiara Amancio - Sempre estive muito ligada à minha família, mesmo ela sendo enorme, nos reunimos sempre. Hoje em dia, moro com meus avós maternos e com meu irmão, confesso que vejo bem pouco os meus pais e o restante da família... A minha relação com todos eles é sempre muito boa! Quando há a oportunidade de nos reunirmos é sempre muito divertido!

OBatuque.com – Como é o seu relacionamento com os seus alunos?
Maiara Amancio - Dou aula desde 2009 e sempre mantive uma ótima relação com os alunos. É claro que nem tudo são só flores, por mais que seja um trabalho árduo, amo a profissão que exerço. Em 2015, tive uma turma apaixonante, eles tinham 8, 9 anos, lembro-me que trancei o cabelo, e os alunos ficaram muito surpresos quando me viram. No dia seguinte, as meninas da turma estavam com trancinhas também. Fiquei maravilhada.

Maiara 7OBatuque.com - O que mudou na vida da Maiara quando se tornou professora?
Maiara Amancio - Eu fiz o ensino médio normal, voltado para a formação de professores. Até terminá-lo, não tinha vontade de exercer essa profissão, até mesmo pela desvalorização. Entretanto, quando “terminei” os estudos, precisava trabalhar e foi assim que comecei a ter amor pelo que faço hoje. A minha renda atual provém disso, com ela pago minhas contas, ajudo em casa e é com esse ofício que consigo sustentar o meu hobby, que é o samba.

OBatuque.com – Você se formou por qual instituição de ensino?
Maiara Amancio - Me formei na Faculdade Internacional Signorelli, uma instituição privada. Antes, tentei por dois anos passar em uma universidade pública. A formação que tive no ensino médio (voltado para a formação de professores) me deixou em defasagem com relação a muitas matérias, ao invés de química, física... tive matérias como didática, projeto político pedagógico... Na época, me senti muito prejudicada. Fiz pré-vestibular comunitário para tentar acompanhar os demais concorrentes, mas não consegui. Hoje, vejo que tudo aconteceu como deveria ter acontecido, e que Deus não falha nunca.

OBatuque.com - A emoção em desfilar pela Grande Rio neste ano?
Maiara Amancio - Eu nasci em Caxias, sou cria daquela comunidade. Cresci com a minha avó materna, que me levava aos eventos que aconteciam na quadra. Era um sonho de infância que se tornou realidade.

OBatuque.com – Detalhe um acontecimento na sua vida que te deixou muito triste?
Maiara Amancio - O acontecimento mais triste que tive recentemente foi o falecimento de uma tia-avó. Ela era a irmã mais nova da minha avó, era uma senhora de 59 anos, mas muito alegre, divertida, cozinhava maravilhosamente bem, gostava de ouvir flashbacks, estava sempre presente quando nos reuníamos. Foi uma perda muito grande para toda a família.

OBatuque.com – E o melhor momento de sua vida?
Maiara Amancio - Tive muitos melhores momentos: quando me formei; quando consegui trabalhar em uma escola renomada; quando entrei na ala de passistas da Grande Rio. É difícil escolher um, mas acredito que o melhor momento que vivi foi quando fizemos uma festa de 70 anos para a minha avó materna. O grupo Explosiva Samba Show, do qual faço parte, tocou no evento, e ela ficou tão feliz que não saiu da frente da bateria. Nunca a vi tão feliz, e isso me deixou feliz também.

OBatuque.com – Uma rainha ou musa que sirva de inspiração?
Maiara Amancio - Todas as que fazem parte da comunidade e que fazem jus à importância do que representam. Mas, a que mais me chama atenção é a Evelyn Bastos, da Mangueira.

OBatuque.com – Em sua página no Facebook, você tem um post denominado “Preta Mesmo”. O que essa expressão representa para você?
Maiara Amancio - O fato de ter um tom de pele mais claro faz com que muitas pessoas não me associem à negritude. Geralmente, me agrupam às morenas e, sempre que posso, tento esclarecer que morenas são pessoas brancas que têm o cabelo preto. Essa é uma questão que levo também para a minha sala de aula, acredito que uma das funções sociais da escola seja a de quebrar paradigmas e estereótipos. Uma vez, em uma conversa sobre essas nomenclaturas, um aluno de 9 anos me disse que sempre achou que chamar uma pessoa de negro ou negra seria ofensivo. Naquele dia, me dei conta do meu papel social enquanto educadora e negra.

OBatuque.com – Você já foi vítima de preconceito?
Maiara Amancio - Aos 9 anos. Estudava em uma escola particular. Não tinha hábito de levar dinheiro para o lanche, mas um dia meu pai me deu 2 reais, em duas notas de 1 real, e eu as levei muito para a escola. Entretanto, pouco tempo antes de sermos liberadas para o recreio, uma das meninas (brancas) alegou ter perdido 2 reais, também em duas notas de 1 real. Eu, que estava com meu dinheiro nas mãos, fui obrigada a entregar o dinheiro para ela. Naquele momento, eu não consegui me defender. Não tive voz, tive vergonha... E só depois de muito tempo, me conscientizei de que aquele foi o primeiro preconceito que sofri. Hoje, mudo o cabelo como quem muda de roupa (risos). No mesmo ano, usei tranças e depois resolvi fazer uma escova como curiosidade para ver o comprimento. Alguns alunos amaram, outros me disseram que gostavam mais dos meu cachos, mas quando disse que meus cachos voltariam assim que lavasse a cabeça, uma fala me marcou. Um aluno disse: "Professora, a senhora já estragou seu cabelo duas vezes (se referindo às tranças e ao crespo natural dele) e, agora que está bom, você quer estragar ele de novo?". E assim, mais uma vez, vi minha função social testada. Cada dia, temos uma nova luta, mas mesmo assim, tem gente que acredita que o preconceito está na cabeça de nós, negros.

OBatuque.com - Você já teve desilusão no carnaval?
Maiara Amancio - Eu sempre tive o sonho de ser passista. Hoje, desfilo só na Grande Rio. Nunca tive desilusões, porém sempre ocorrem fatos que nos fazem repensar nossas ações e ver o que de fato é importante. Já me dediquei muito ao samba. Já deixei de estar com a família, de viajar com amigos para me fazer presente em algum evento. Quando me dei conta de que nem sempre temos o reconhecimento que merecemos, resolvi que o mais importante é o meu bem-estar. Desde então, sambo por gostar, por me sentir leve, por esquecer de toda a preocupação ou boletos. E sou muito mais feliz, com certeza!

M 52OBatuque.com - O que é carnaval para você?
Maiara Amancio - Um movimento popular capaz de transcender à nossa cultura. Um momento capaz de unir pessoas, valores, amores, ideais... Um evento que poderia ocorrer, pelo menos, duas vezes por ano (risos).

OBatuque.com - Suas considerações finais?
Maiara Amancio - Agradeço ao site OBatuque.com pelo novo convite, pelo carinho e a atenção de sempre. Obrigada por se interessarem pela minha história e me acolherem nesta coluna incrível, dedicada a rainhas e musas do carnaval, mesmo sendo eu uma simples passista. Me sinto lisonjeada!

Última modificação em Quarta, 07 Março 2018 13:15

6 comentários

  • Luciana
    Link do comentário postado por Luciana
    Sábado, 10 Março 2018 18:41

    A felicidade pode ser expressa de diferentes maneiras.
    Uma delas é quando podemos unir o trabalho com as nossas paixões.
    Vi Maiara desde pequena mostrando seu amor pelo Samba, e hoje vendo-a brilhar nas Avenidas (Apoteose e shows) me deixa muito orgulhosa.
    Partilhamos um grande Amor pela Educacão, apesar de eu estar um tempinho a mais na área.
    Digo a todos que é minha Filha de Coração (sem que as demais primas fiquem com ciúmes), e que fico muito feliz em ver que vens alcançando tudo que vem plantando com garra e respeito.
    Você voará muito mais alto... PARABÉNS.

  • Carmen
    Link do comentário postado por Carmen
    Quinta, 08 Março 2018 23:10

    Mulher forte, menina serena. Sabe encantar a todos com seu jeito de ser. Desde de criança, dançar sempre foi seu maior prazer. Temos muito orgulho da pessoa determinada que se tornou.
    Amamos muito vc! Sabemos que ainda pode voar mais amais. Que o Senhor abençoe a e seus sonhos!

  • Suzane
    Link do comentário postado por Suzane
    Quinta, 08 Março 2018 14:49

    Linda!! Parabéns hj e sempre pela sua dedicação ao samba e ao ensino!!!

  • Juliana Casemiro
    Link do comentário postado por Juliana Casemiro
    Quinta, 08 Março 2018 09:36

    Essa menina é um orgulho! É um prazer tê-la como parceira.... uma amiga... de bons conselhos!
    É Amada e querida por seus alunos e colegas de profissão.
    PARABÉNS.... A CADA DIA O SEU ESPAÇO CRESCE.... VC MERECE! POIS LEVA CONSIGO A VERDADE E A VONTADE DE VENCER... NUNCA ESQUECENDO DE ONDE VEIO.
    FELIZ DEMAIS POR VOCÊ!
    BJS....

  • Rosi Menescal
    Link do comentário postado por Rosi Menescal
    Quarta, 07 Março 2018 22:58

    Somos educadoras e tive o prazer de agregar experiências ao lado deste ser incrível que é a Maiara.
    Guerreira, vai atrás de seus objetivos, expressa-se sempre com um sorriso, difícil de cair...prazer em ser sua amiga e admiradora.
    Adorei a entrevista!!!

  • Laudiceia
    Link do comentário postado por Laudiceia
    Quarta, 07 Março 2018 22:46

    Belas falas! Alegria da família! Por isso é muito mais que te amamos! Bjs PARABÉNS!!

Deixe um comentário

 

 

Entrevistas

Zezinho Martinez: “As escolas juntas seriam muito mais fortes”

Zezinho Martinez: “As...

Por Vander Fructuoso O presidente da Liga das Escolas de Samba...

Marcelinho Emoção explica a venda de 13 alas comerciais na Vila

Marcelinho Emoção explica...

Por Ricardo MaiaFoto: Eduardo Hollanda Nos últimos anos, as escolas...

Ciganerey: do Engenho da Rainha para a Estação Primeira

Ciganerey: do Engenho...

Equipe OBatuque.comFotos: Marcelo Moura O nome de batismo é Paulo...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

Pagode

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Tucuruvi anuncia André Oliveira como coreógrafo da Comissão de Frente

Tucuruvi anuncia André Oliveira como coreógrafo da Comissão de Frente

Foto: Renato Cipriano A escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi, do Grupo Especial do carn...

 

Book OBatuque

Extras

fotos

JoomShaper