Wip lojas

Móveis pelo menor preço! 
www.movelcasa.com.br
Parcele seus móveis em até 12x Sem Juros

http://templatesjoomla.com.br/
Templatee Joomla Profissional!
Templates a partir de R$ 9,90.

Os ensaios técnicos da visão de Ricardo Maia

Publicado em Grupo Especial

Ontem, dia 7, assisti ao ensaio de uma escola que tinha tudo para fazer bonito mas... Logo que a Vila Isabel entrou no setor 1, já me assustei com a quantidade de pessoas que não tinham o que fazer ali à frente da escola. Os famosos “camisetas” eram dezenas ou centenas, mas o chão fazia a diferença e cantava o samba mesmo sem o carro de som.

Quando começou o desfile, aí sim, a maior decepção: a escola desfilava "sozinha". As alas, quando tinham um diretor de harmonia, eram só um em uma das pontas, porém a maioria estava sem diretor.

IMG 20170206 WA0003IMG 20170206 WA0002Enquanto isso, os diretores de harmonia ou presidentes de ala "brincavam carnaval" ao lado da escola, não necessariamente ao lado da sua ala. A consequência disso foi um desfile desorganizado, com furos no meio das alas, ala entrando em outra, e uma escola sem compactação.

Ao lado do carro de som passou um "bloco" de pessoas que não tinham nada que fazer. É surpreendente uma escola do Grupo Especial cometer erros tão básicos, mesmo que seja só um ensaio, pois ainda dá tempo de corrigir. Mas foi isso que vi na avenida ontem. Fotografei tudo para ninguém falar que estou inventando ou de má vontade com a escola.

IMG 20170206 WA0004

Itens relacionados (por tag)

  • União da Ilha comemora Dia de São Jorge neste domingo

    A programação para comemorar o Dia de São Jorge neste domingo será intensa na quadra da União da Ilha. A agremiação insulana preparou para os fiéis do "Santo Guerreiro" uma programação que contará com missa, queima de fogos, feijoada, velha guarda musical da escola, apresentação do novo coreógrafo da comissão de frente, Márcio Moura, shows dos grupos "Samba do Amigo Meu" e Dudu Nobre, Pique Novo e do cantor Belo. Para fechar o dia com chave de ouro, bateria do mestre Ciça, Ito Melodia e o carro de som com sambas inesquecíveis da Ilha, passistas, baianas e casais de mestre-sala e porta-bandeira


    Confira a programação que ocorrerá o dia todo:

    11h - Missa no interior da quadra;

    em seguida: 

    tradicional queima de fogos no estacionamento da quadra;

    feijoada na quadra;

    show da Velha Guarda musical;

    show do grupo Samba do Amigo Meu e Dudu Nobre;

    show do grupo Pique Novo;

    show do cantor Belo;

    bateria do Mestre Ciça e Ito Melodia com sambas inesquecíveis.

  • Bernardo Belo é o novo presidente da Vila

    Foto: Eduardo Hollanda

    A Unidos de Vila Isabel realizou uma grande festa neste domingo, dia 9 de abril. O evento marcou a apresentação da equipe de carnaval da agremiação para 2018 e a posse do presidente Bernardo Belo, além de um show com a Mocidade Independente de Padre Miguel, uma das atuais campeãs. O dirigente já integrava o grupo que comanda a escola e foi aclamado pelos votantes da azul e branca. O mandato vai até 2021 e não houve chapa de oposição.

    - Eu gosto muito de uma frase do Chico Xavier: ``Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, é possível começar agora e fazer um novo final``. Essa é a Vila Isabel que eu quero! Fomos atrás dos melhores profissionais do carnaval e vamos trabalhar juntos para a escola voltar a ser campeã - afirma o jovem presidente, que tem como vice o advogado Fernando Fernandes.

    Além do carnavalesco Paulo Barros, a Unidos de Vila Isabel contratou Ricardo Fernandes, Luiz Guimarães e Moisés Coutinho para integrar a sua comissão de carnaval, Marcelinho Emoção para o comando da harmonia, mestre Chuvisco para a Swingueira de Noel, a porta-bandeira Denadir, e a dupla Léo Senna e Kelly Siqueira para coreografar a comissão de frente.

  • Hoje, 6 de abril, finalmente conhecemos a campeã, ou melhor, as campeãs do carnaval

    Por Ricardo Maia
    Foto: Luis Leite

    Indiscutivelmente a Mocidade fez um desfile digno de campeã. A meu ver, em relação à plasticamente, foi a melhor escola que passou na avenida. Algumas vertentes da forma que esse título é que me causam alguma surpresa.

    Não me lembro em outros carnavais de uma campeã da avenida ter sido aclamada em plenária. A reunião também teve um comportamento atípico. Das 13 escolas com direito a votos, cinco resolveram de abster. E as cinco consideradas escolas de ponta. Como pode quase a metade do grupo, e justamente as que sempre disputam títulos se absterem de uma decisão tão importante para o futuro do carnaval? Com exceção da Mangueira, as outras sete escolas consideradas, digamos, o segundo escalão do Grupo Especial, votaram a favor. Jogo de interesses? Acordo de amigos?

    Entendam-me. Não estou desqualificando o título da Mocidade, que poderia perfeitamente ter sido aclamada campeã na abertura dos envelopes. Estou avaliando a forma que esse título foi conquistado.

    Em 1980, a última vez que foi decretado empate, os jurados deram notas máximas para as três escolas campeãs, não havendo possibilidade de desempatar. Mas 2017 foi bem diferente.

    Título dividido? Mas por quê? Como assim? Baseado em quê?

    Se o décimo tirado da Mocidade foi devolvido, ela teria 269,9 pontos, terminando empatado com a Portela. Porém temos quesitos de desempates. Vamos avançando sobre eles... enredo mestre-sala e porta-bandeira, harmonia, evolução... até aí as duas seguiriam empatadas com 30 pontos. Então chegamos ao quesito comissão de frente: Mocidade 10, 10, 10, Portela 10, 10, 9,9. Pronto, a Mocidade seria campeã pelo desempate.

    Todavia a Liesa declarou empate. Que empate é esse? Se considerarmos o julgamento pelas notas dos jurados na pista, deu Portela, se formos pelas notas das justificativas, deu Mocidade. Empate jamais. De maneira alguma daria empate.

    Mas a plenária da Liesa declarou empate. Tirou da cartola um empate totalmente inventado. Jogou na lama a credibilidade dos desfiles. Em troca de não sei o quê.

    O Carnaval 2017 vai ficar marcado como o carnaval das viradas de mesas. Primeiro ninguém desce, depois as campeãs ficam empatadas, mesmo o regulamento permitindo um desempate real.

    Será que a partir de 2018, na Quarta-Feira de Cinzas, haverá comemoração ou teremos que aguardar a abertura das envelopes com suas justificativas?

    Vamos aguardar, mas ainda tento acreditar que "vale o que está escrito!"

Deixe um comentário

Enquete

O que achou do novo site?
  • Votos: 0%
  • Votos: 0%
  • Votos: 0%
  • Votos: 0%
  • Votos: 0%
Votos totais:
Primeiro voto:
Último voto:

 

 

Entrevistas

Felipe Lima deixa o Dendê e assume a voz do Amarelinho

Felipe Lima deixa...

Por Daniel DuarteFoto: presidente Marquinhos e Felipe Lima/arquivo pessoal Após...

Marcus Vinícius desabafa: “A Alegria da Zona Sul merece respeito”

Marcus Vinícius desabafa:...

Por Wellington Lopes Foto: arquivo pessoal/por Val DiOlyvera Após a...

Lá vem a Pioneira sob a batuta do mestre China

Lá vem a...

Por Wellington LopesFoto: Alexandre Lourenço Ele nasceu José Roberto Monteiro Bitar,...

Escolas Mirins

Samba de Raiz

O batuque do SambaKetu contagia o Rio

O batuque do SambaKetu contagia o Rio

Rio de Janeiro, 25 de março de 2017 Por Wellington LopesFoto: Thiago Santos H&aa...

Pagode

Solange Pellegrini lança seu primeiro CD

Solange Pellegrini lança seu primeiro CD

Foto: divulgação Elegância, carisma, ternura e suavidade s&a...

Blocos

Carnaval pelo Brasil

Timbalada comemora lançamento do CD das escolas de Corumbá

Timbalada comemora lançamento do CD das escolas de Corumbá

Grandes nomes do carnaval carioca participaram da produção Por Marta Almei...

 

Extras

fotos

propaganda yes

JoomShaper